quinta-feira, 15 de abril de 2010

CBF dá ao São Paulo o primeiro penta brasileiro


O título brasileiro do Flamengo conquistado em 2009 teria sido o 5° e não o 6º. O São Paulo, quando venceu o Brasileirão de 2007, seria o primeiro clube a conquistar cinco edições do torneio.
A CBF divulgou na tarde desta quarta-feira que o São Paulo é o primeiro clube pentacampeão brasileiro e, por isso, o que levará a chamada "Taça das Bolinhas". Após um estudo que levou cerca de 20 dias, o departamento jurídico da entidade entregou o parecer ao presidente Ricardo Teixeira, que o encaminhou à Federação Paulista de Futebol.A dúvida sobre a entrega do troféu existia por causa da polêmica sobre a competição de 1987, onde o Sport foi considerado campeão pela CBF na época. O Flamengo, campeão da Copa União, organizada pelas agremiações fundadoras do Clube dos 13, reivindicava o título da temporada."É irrevogável e está decidido. Pela primeira vez foi feito um estudo bastante abrangente e chegou-se a conclusão que quem merece receber a taça é o São Paulo, porque foi o primeiro a chegar ao pentacampeonato. O Flamengo chegou ao quinto título brasileiro agora em 2009. Diante deste estudo que foi feito pelo departamento jurídico já comunicamos à Federação Paulista que vamos fazer uma recuperação da taça porque ela não deve estar muito bem cuidada porque está guardada há muitos anos. Vamos recuperá-la e entregá-la novinha como deve ser", disse o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. "Para a CBF o Flamengo tem cinco títulos, os legais, os que foram homologados como campeão", completou o dirigente.ENTENDA O CASO A "Taça das Bolinhas" está em processo final de restauração e será entregue nos próximos dias ao São Paulo, que foi campeão brasileiro pela quinta vez em 2007 (antes, conquistou as edições de 1977, 1986, 1991 e 2006; depois, o hexa em 2008). Em solenidade na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro no último dia 31 de março, Teixeira confirmou que um estudo estaria sendo feito para dar um ponto final a essa polêmica.A taça seria dada em definitivo ao clube que conquistasse o Campeonato Brasileiro três vezes consecutivas - ou cinco alternadas. Em 1987, o Flamengo foi campeão do módulo verde da Copa União (equivalente à Série A), e o Sport venceu o módulo amarelo (equivalente à Série B) . O regulamento previa cruzamento entre os dois primeiros colocados de cada torneio, mas Flamengo e Inter (o vice-campeão do módulo verde) se recusaram a disputar o quadrangular com Sport e Guarani. A CBF declarou o time do Recife campeão, decisão que foi confirmada em maio de 1994 em uma sentença do Tribunal Regional Federal. Com a confirmação, segundo a entidade, o Sport é o campeão brasileiro de 1987, e o Flamengo, campeão por cinco vezes, nas edições de 1980, 1982, 1983, 1992 e 2009.SÃO PAULO COMEMORAO diretor de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, lembrou que o clube já esperava pela decisão, que acabou sendo revelada pelo departamento jurídico da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) nesta quarta-feira."Aconteceu o que nós esperávamos. Em conversas com o presidente Ricardo Teixeira e com o diretor Virgílio Elísio no passado, havíamos deixado claro que o São Paulo era o merecedor desse troféu. E agora isso foi apenas oficializado", afirmou o dirigente, em contato telefônico com a reportagem do GloboEsporte.com.SPORT TAMBÉM FESTEJA, MAS LAMENTA DEMORAO presidente do Sport, Sílvio Guimarães, não ficou surpreso com a notícia de que a CBF vai entregar a Taça das Bolinhas ao São Paulo, maslamentou que a decisão tenha demorado tanto. Para o dirigente, o título conquistado pelo Sport, em 1987, já foi reconhecido pela Justiça e não teria como ser destinado ao Flamengo, que se considera o vencedor daquela edição."Desde 1987 esse título foi reconhecido pela Justiça. Há 23 anos lutamos contra o preconceito que se criou com o Sport. Para que esperar tanto? O Flamengo não cumpriu o regulamento, desrespeitou a torcida que comprou ingresso na época. Mesmo sabendo que a Fifa mandou disputar a Libertadores, que tem selo dos correios em homenagem ao Sport, só agora a CBF decreta isso. O clube está tranquilo, pois sempre confiou na Justiça", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário