segunda-feira, 30 de abril de 2012

Criminosos invadem delegacia do Cordeiro e levam armas

Do NE10Com informações de Erick França, da Rádio Jornal, direto do local
Bandidos invadiram, na madrugada deste domingo (29), a delegacia do Cordeiro, no Recife, e roubaram várias armas. A delegacia está localizada Rua Antero Mota, ao lado do Parque de Exposição de Animais, área bastante movimentada do bairro. O número exato de armas furtadas ainda não foi divulgado. De acordo com informações apuradas pela Rádio Jornal, pelos menos dez armas foram roubadas. As armas pertenciam à polícia e estavam guardadas no setor administrativo da delegacia, que fica fechada nos fins de semana.
Dois policiais estavam de plantão na unidade, mas não perceberam a ação dos criminosos. Provavelmente, os bandidos entraram pelo "buraco" da caixa do ar-condicionado, localizado na parede dos fundos da unidade.  Não há sinais de arrombamento na delegacia.
Os bandidos não tiveram acesso às armas apreendidas em ações policiais, que ficam guardadas em outro local.
Agentes do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil estão investigando o incidente. Durante a vistoria na área, uma pessoa foi detida para prestar esclarecimentos.

Sport e Náutico ficam no 0x0. Leão vai à final


Do Blog do Torcedor
Numa partida bem disputada, mas de baixo nível técnico, Sport e Náutico ficaram no empate em 0x0, na Ilha do Retiro, no segundo jogo da semifinal do Pernambucano Coca-Cola. Com o resultado, o Leão, que havia vencido o primeiro confronto, nos Aflitos, por 2x1, garantiu sua presença na final do Estadual 2012. Além disso, o time rubro-negro ainda manteve vivo o tabu de oito anos sem perder para o rival em jogos no seu estádio. Agora, o Sport aguarda o vencedor do duelo entre Santa Cruz x Salgueiro, que se enfrentam no Arruda, nesta segunda-feira.

Sport e Náutico entraram em campo com algumas surpresas na escalação. Pelo lado rubro-negro, Naldinho entrou na vaga de Jael, deixando o time no 3-6-1, com Marcelinho Paraíba livre para atacar. No Timbu, Auermir entrou no time titular com a missão de colar na principal peça do Leão. 

Precisando da vitória, o Náutico foi para cima. Logo nos primeiros minutos, o time do técnico Gallo fechou os espaços e jogou de forma ofensiva. Aos três minutos, Derley aproveitou vacilo de Tobi e, na linha de fundo, cruzou. Edcarlos cortou, mas quase faz gol contra.

http://www2.uol.com.br/JC/jogo_nautico_x_sport_hj.jpg

O Sport, por sua vez, foi um time mais cauteloso. Bem postado na defesa, a equipe rubro-negra já mostrava que iria apostar nos contra-ataques. Num desses, aos 9 minutos, Naldinho lança Jheimy, que invadiu a área e chutou fraco, facilitando a vida de Gideão, que fez a defesa.

Após os lances, a partida esfriou. Isso porque os defensores se sobressaíram diante dos erros na troca de passes das duas equipes. Somente aos 20, Derley ofereceu perigo ao goleiro Magrão. O volante recebeu a bola na área e chutou forte. O camisa 1 do Leão fez grande defesa. Três minutos depois, Siloé arriscou outro chute de fora da área e Magrão, atento, espalmou.

Aos 30 minutos, após uma sequência de escanteios, Ramon aproveitou bola mal rebatida pela zaga e cruzou fechado. Magrão teve que se esticar para fazer a defesa e evitar o gol. O Timbu continuou em cima, buscando o jogo, mas errando demais no último passe. Já o Leão continuava sem criatividade, já que Marcelinho, avançado, atuou de costas para o gol, enquanto Jheimy ficou isolado na frente.

No segundo tempo, os dois treinadores promoveram mudanças. No Náutico, Léo Santos entrou no lugar de Tiuí, enquanto no Sport, Jael foi acionado no lugar de Jheimy. Logo no primeiro minuto, Jael chutou forte e Gideão foi obrigado a fazer  grande defesa.

A mudança deu ao time do Sport mais poder ofensivo, afinal Jael deu mais trabalho aos defensores alvirrubros e conseguiu segurar a bola na frente. A equipe rubro-negra trabalhou a bola mais no setor ofensivo, tendo mais volume de jogo. Aos dez  minutos, os dois treinadores mudaram mais uma vez. Por opção, Gallo tirou Ramon e colocou Dorielton, deixando o time com três atacantes. Já Mazola foi obrigado a mexer. Machucado, o zagueiro Bruno Aguiar saiu, o meia Rivaldo foi acionado.

No entanto, o Sport voltou a mostrar o futebol cadenciado no primeiro tempo. O time apostou muito no toque de bola para gastar o tempo, não buscando o ataque de forma objetiva. O Náutico tentou, na raça, ir à frente. Mas faltou qualidade na frente. Os jogadores, afobados, não finalizaram bem. O jogo, assim, ficou chato.

Aos 30 minutos, uma chance de ouro para o Náutico. Numa confusão na entrada da grande área, o árbitro Sandro Meira Ricci assinalou falta. O volante Souza fugiu das suas características e mandou uma bomba. A bola foi para fora. Aos 34, um lance polêmico. O lateral Julinho perdeu a bola na defesa, Léo Santos chutou e a bola sobrou para Souza, que livre, tocou para as redes. O assistente Jossemar Diniz assinalou impedimento, confirmado pelo árbitro Sandro Meira Ricci.

O Sport manteve a sua postura de tocar a bola e gastar o tempo. Já o Náutico buscou, mas não conseguiu superar o esquema de marcação do Leão. Ao final, os jogadores e a torcida fizeram a festa rubro-negra na Ilha do Retiro.

Ficha técnica

Sport
Magrão, Bruno Aguiar (Rivaldo), Ed Carlos, Tobi; Moacir, Hamilton, Marquinhos Paraná, Naldinho e Julinho (Marquinhos Gabriel); Jheimy (Jael) e Marcelinho Paraíba. Técnico: Mazola Júnior.

Náutico
Gideão, Ananias (Marquinho), Ronaldo Alves, César Marques e Jéferson; Souza, Auremir, Derley e Ramon (Dorielton); Tiuí (Léo Santos) e Siloé. Técnico: Alexandre Gallo.

Local: Ilha do Retiro, Recife. Horário: 16h. Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa/PE). Assistentes: Jossemmar Diniz e Albert Júnior (PE). Cartões amarelos: Moacir, Tobi, Jéferson. Expulsão: Naldinho. Público: 19.026. Renda:R$ 235.800.

domingo, 29 de abril de 2012

Em duelo por final, Sport entra em vantagem e Náutico sonha com vitória histórica


Marcelinho Paraíba (E) e Ramon (D) são os camisas 10 do Clássico dos Clássicos (Fotos: Rodrigo Lôbo e Bobby Fabisak/JC Imagem)
Os rivais Sport e Náutico decidem neste domingo, às 16h, na Ilha do Retiro, uma vaga na final do Pernambucano Coca-Cola. Ao classificado, a chance de juntar mais um troféu estadual; ao eliminado, o fim do primeiro semestre, já que ambas as equipes foram eliminadas da Copa do Brasil. Com a melhor campanha e a vitória de 2 a 1 no jogo de ida, nos Aflitos, os rubro-negros têm a vantagem de poder até perder por um gol de diferença e, ainda assim, se classificar. Já os alvirrubros se agarram na motivação renovada com a chegada do técnico Alexandre Gallo e na intensidade imprimida no primeiro tempo do jogo de ida, em que criou várias chances de gol. Só uma vitória por dois gols de diferença levam o Timbu à decisão. O outro finalista, entre Salgueiro e Santa Cruz, será conhecido na segunda-feira.

O retrospecto é todo a favor do Leão. A equipe está invicta no Estadual desde o dia 8 de fevereiro. Nos três confrontos com o adversário na temporada, obteve duas vitórias e um empate. E, sob outra perspectiva, os rubro-negros têm um histórico recente de sucesso em jogos eliminatórios com os alvirrubros: em 2010, foram campeões em cima dos rivais e, em 2011, saíram vitoriosos da semifinal. Além disso, o Náutico não vence qualquer jogo na Ilha do Retiro desde 2004.

Apesar da confiança que esses dados proporcionam, a equipe do Sport mostra consciência de que tudo pode mudar em 90 minutos. O elenco comandado por Mazola Júnior (técnico que venceu cinco e empatou um dos seis clássicos estaduais que disputou, incluindo o Santa Cruz), promete empenho máximo e atenção para não deixar que o adversário reverta a situação. Entretanto, ficar na defesa é algo prontamente descartado pelos jogadores. 

“Não tem como jogar na Ilha só para se defender. A nossa torcida pressiona para jogarmos em cima. Nós temos que marcar, mas também temos que jogar. A vantagem é importante, mas não é tudo", disse Tóbi, o zagueiro central do trio defensivo completado por Edcarlos e Bruno Aguiar. A equipe não foi confirmada pelo jogador, mas deve ser a mesma que entrou em campo nos Aflitos domingo passado, com exceção da entrada do lateral-esquerdo Julinho na vaga de Renê.

A experiência do grupo é apontada como Mazola como um ponto importante, na manutenção do foco na classificação. "Temos um grupo experiente, habituado a essa situação. Continuamos com o pé no chão. Nada mudou nada. Não há deslumbramento com a vantagem", garantiu o treinador. A grande esperança rubro-negra segue sendo Marcelinho Paraíba, artilheiro do campeonato e responsável pelos dois gols da equipe na primeira semifinal.

Já nos Aflitos, a palavra-chave é superação -- de toda a escrita negativa e da desvantagem no placar. A equipe, que fará apenas o segundo jogo tendo Gallo como treinador, reconhece a grande dificuldade da missão, mas se apresenta como preparada para buscar o resultado. Gallo afirmou durante a semana que os jogadores estão "mordidos", porque se sentiram prejudicados pela arbitragem na partida de ida, na qual julgam que deveriam ter sido vencedores. O grupo até antecipou em um dia a concentração para a partida, iniciando na quinta-feira, com foco total nos rubro-negros. 

"Aconteceram coisas importantes no grupo hoje [quarta-feira]. Uma situação importante de fechamento para que a gente tenha mais força para vencer o adversário. O grupo tá mordido com a situação do que aconteceu domingo passado. Um atleta pediu para concentrar desde a quinta-feira e todos aprovaram. Isso foi muito bacana", revelou Gallo no debate promovido pelo Blog do Torcedor, que contou com a participação dos internautas", afirmou Gallo.

Sobre a estratégia de jogo da equipe, que precisa atacar bastante, o treinador não deu pistas. Duas mudanças acontecerão: Marlon sai por lesão, e Elicarlos está suspenso. César Marques entra na zaga e a vaga na cabeça de área fica Lenon e Ramirez. Seria a estreia do volante Ramires, a quem Gallo se referiu como um homem de confiança, pelo período em que trabalharam juntos em 2010.

“Temos de ter tranquilidade, principalmente. Até para ter a possibilidade de jogar com a regra do Pernambucano. Ou seja, para chegarmos ao placar de 2x0 temos de fazer, primeiro, um gol. Se conseguirmos, com certeza, vamos dar um passo enorme para conquistar a classificação”, afirmou Gallo, confiante.

FICHA DO JOGO

Sport x Náutico
Sport: Magrão; Bruno Aguiar, Tobi e Edcarlos; Moacir, Hamilton, Marquinhos Paraná, Marcelinho Paraíba e Julinho; Jheimy e Jael. Técnico: Mazola Júnior.

Náutico: Gideão; Auremir (João Ananias), Cesar Marques, Ronaldo Alves e Jefferson; Lenon (Ramirez), Derley, Souza e Ramon; Rodrigo Tiuí e Siloé. Técnico: Alexandre Gallo.

Campeonato Pernambucano 2012, fase semifinal. Local: Ilha do Retiro, Recife. Horário: 16h. Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa/PE). Assistentes: Jossemmar Diniz e Albert Júnior (PE). Ingressos: Arquibancada, R$ 50; sócio, estudante e idoso R$ 25.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

'Agora é o momento da fé', diz Leonardo antes de visitar Pedro

O cantor Leonardo chegou por volta das 21h30 desta quinta-feira (26) ao Hospital Sírio-Libanês  para visitar o filho Pedro Leonardo Dantas, de 24 anos. "Agora é o momento da fé", disse. Pedro foi transferido nesta tarde. Ele está em coma induzido após ter sofrido um acidente de carro.

Boletim médico divulgado no começo da noite informou que Pedro  foi internado por volta das 17h com "quadro estável".  Os médicos dizem ainda que o traslado entre Goiânia e São Paulo em avião com UTI não apresentou complicações.Um novo comunicado deve ser divulgado na sexta-feira (27).

Leonardo afirmou que acompanhou a transferência do filho pela televisão. "É uma etapa delicada demais e ficou muito apreensivo. São três horas e requer toda uma logística", afirmou. "Agora é o momento da fé, é mais uma etapa. Esse acontecimento está indo em etapas. Primeiro foram os paramédicos em Tupaciguara, depois o médico em Itumbiara, depois a UTI para Goiânia e agora para São Paulo. Tem que ter fé. Pela ciência, ele está muito bem amparado", disse Leonardo. O cantor deixou claro que ficou satisfeito com o trabalho dos médicos de Goiânia. "Gostaria de deixar bem frisado que a equipe de Goiânia foi muito competente", afirmou. Questionado pelo repórteres se pretende falar como filho nas próximas horas, respondeu: "não sei ainda os exames que foram feitos e vou ver com os médicos se a gente pode falar, conversar", afirmou.


Leonardo acha que Pedro está reagindo bem. "A última vez que entrei na UTI em Goiânia, olhei para ele e falei para os médicos: 'ih esse cara é outro hoje doutor'". Segundo ele, o médico concordou. "Realmente você está certo ele deu uma melhorada boa." Segundo Leonardo, quando Pedro segurou o braço do primo e chorou, os médicos ligaram e disseram 'vem para cá porque se falar de novo com ele, ele vai responder. A gente sente que ele esta lutando muito." Recordações de Leandro
Leonardo afirmou que o acidente com seu filho o faz lembrar do drama vivido por seu irmão, Leandro, há 14 anos. "A fita está todinha novamente na minha cabeça. o que passei 14 anos atrás. Coincidentemente, uma coincidência ruim neste caso, o meu filho capotou o carro no mesmo dia que o Leandro recebeu a notícia que estava com câncer. Onde ele está com certeza tem mais força que a gente para ajudar o Pedro a sair dessa.”
Mapa do acidente de Pedro Vale este (Foto: Editoria de Arte/G1)
Internação
Pedro foi internado no Hospital Sírio-Libanês pouco antes das 17h. Segundo a assessoria do Sírio, a médica Ludhmila Hajjar, coordenadora da UTI cardiológica, acompanhou Pedro na ambulância. No hospital, ele será cuidado pela equipe do médico Roberto Kalil Filho.

A viagem até a capital paulista começou às 12h35, quando ele deixou o Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG). Ele foi embarcado em um avião com UTI e fez um voo de cerca de 1h30. Pouco antes das 17h, após trajeto de ambulância, ele chegou ao Sírio-Libanês.
O deslocamento da ambulância pelas ruas de São Paulo foi apoiado pela escolta de equipes da Polícia Militar e da CET, que chegaram a interditar um sentido do Corredor Norte-Sul na saída do aeroporto. Um carro da polícia militar seguiu à frente do veículo com o paciente durante todo o trajeto. No horário, por causa da chuva em algumas regiões, a cidade estava em estado de atenção para alagamentos.

Todo o traslado foi cercado de cuidados para evitar complicações para o paciente. O avião  pousou no aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, às 15h26 . Cerca de 40 minutos depois da aterrissagem, a equipe médica concluiu a retirada da maca da aeronave e o cantor foi levado em uma ambulância para o Sírio-Libanês.

O acidente
Pedro Leonardo sofreu um acidente de carro na rodovia MGC-452 na sexta-feira (20) quando voltava de um show. O acidente próximo município de Tupaciguara (MG). Ele foi inicialmente levado ao Hospital Municipal de Itumbiara, onde passou por cirurgia para conter hemorragia abdominal, e foi transferido na sexta-feira para Goiânia.

A mãe de Pedro Leonardo, Maria Aparecida Dantas, também esteve no hospital acompanhado a remoção do filho. Muito apreensiva, ela disse que está tentando pensar que o filho está indo para um show: "Quero pensar que ele está indo fazer um dos seus shows, que está me pedindo a benção, como sempre faz antes de viajar. Estou muito confiante e  entreguei nas mãos de Deus".

Evolução do quadro
O paciente, que ainda está em estado grave, segundo Wandervan Azevedo, respondeu positivamente aos tratamentos desde que deu entrada no IOG. Há dois dias, as drogas que o mantêm em coma induzido foram sendo gradativamente diminuídas. Somente para a remoção, segundo o médicos, as doses tiveram de ser novamente aumentadas.

Exames mostraram também a diminuição do edema cerebral e uma melhora no pulmão. Devido a uma insuficiência renal, Pedro ainda passou por duas sessões de hemodiálise, com duração de oito horas cada uma, e, segundo Wandervan, respondeu ao procedimento sem complicações. “Nós estamos muito otimistas quanto à recuperação de Pedro, afinal ele apresentou duas intercorrências muito graves e reagiu muito bem”, declarou.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Motociclista é multado por levar mulher nua sem capacete na garupa


Um motociclista que levava uma mulher nua na garupa de sua moto foi multado pela polícia  em Constanta, na Romênia, porque a jovem estava sem capacete, item de segurança obrigatório no país. Após a infração, a mulher colocou o capacete e o casal foi liberado pelo agente. A cena foi flagrada por motoristas que passavam pelo local, segundo a imprensa local.
Mulher que estava andando nua na garupa de uma moto foi multada por estar sem capacete. (Foto: Reprodução)Mulher que estava andando nua na garupa de uma moto foi multada por estar sem capacete. (Foto: Reprodução)
Após a mulher colocar o capacete, o casal foi liberado pela polícia. (Foto: Reprodução)Após a mulher colocar o capacete, o casal foi liberado pela polícia. (Foto: Reprodução)


Morre, aos 66 anos, o sambista bem-humorado Dicró


Morreu, aos 66 anos, no final da noite dessa quarta-feira (25), em Magé, na Região Metropolitana do Rio, o sambista Carlos Roberto de Oliveira, o Dicró, que ganhou notoriedade com letras bem-humoradas e de duplo sentido.

Lutando contra os efeitos da diabetes, o cantor e compositor passou mal em casa, no bairro de Mauá, por volta das 22h, após retornar do hospital onde havia realizado uma sessão de hemodiálise. Segundo parentes, Dicró, antes de sofrer o enfarte, reclamou de dores na cabeça. Mesmo encaminhado para o Hospital Central de Magé, o sambista não resistiu e morreu. O enterro de Carlos Roberto de Oliveira está marcado para as 17h desta quinta-feira (26) no Cemitério Jardim da Saudade, na zona oeste do Rio. O velório deve iniciar nesta manhã no mesmo local.

Vascaíno, Dicró nasceu na cidade de Mesquita, também na Região Metropolitana do Rio, em 14 de fevereiro de 1946, e se especializou em sambas satíricos, cujas letras davam ênfase ao dia a dia do subúrbio e da Baixada Fluminense. O apelido "Dicró" veio da assinatura que ele utilizava com as suas iniciais "De C.R.O." quando fazia parte dos compositores de um bloco de Nilópolis. Entre alguns dos sambas bem-humorados de sua autoria estão "A Vaca da Minha Sogra", "Botei Minha Nega no Seguro", "Funeral do Ricardão", "Olha a Rima" e "Chatuba".
Fonte: Agência Estado

Proibição de uso de celulares em ambientes fechados ainda não é lei no Recife, mas causa polêmica

Karla OliveiraEspecial para o NE10
O uso de aparelhos celulares e equipamentos eletrônicos continua gerando polêmica. Durante a pré-estreia do filme Os Vingadores, da Marvel, na noite dessa terça-feira (24), os quatrocentos convidados tiveram as bolsas revistadas e os aparelhos celulares recolhidos. De acordo com a produtora de lançamentos, a medida é uma determinação de segurança mundial da Marvel e pretende evitar a pirataria. “A prática é usada por todas as distribuidoras de filmes e visa proteger os filmes contra a reprodução, que é ilegal”, ressaltou a produtora Andréa Mota. Ela disse, ainda, que a ação é restrita à pré-estreia e que os interessados em assistir Os Vingadores, a partir desta sexta-feira (27), poderão ver o filme portando o celular. 

SAIBA MAIS SOBRE OS VINGADORES

Para a assessora de comunicação do PROCON-Recife, Heide Esteves, o recolhimento dos celulares é inconstitucional e fere o inciso 54 do Artigo 5° da Constituição Federal, que diz: “Ninguém será privado à liberdade ou de seus bens sem os devidos processos legais”. Segundo Heide Esteves, não há uma lei na capital pernambucana que proíba o uso de celulares em ambientes fechados como cinemas, teatros e escolas. “Os organizadores do evento não tiveram a intenção de resguardar a qualidade do serviço prestado, e sim de evitar a pirataria, mas isso não justifica o que fizeram”, explicou Heide Esteves.

O professor Mário Ferreira ficou indignado com a medida, chamada por ele de abusiva. "Nunca tinha sido obrigado a entregar meu celular. No avião, no banco e até em provas de concursos tenho que desligar o aparelho, mas ele fica comigo". Ele conta que pensou em desistir de ver o filme, atitude adotada por alguns dos presentes. "Passei mais de duas horas na fila e, por isso, achei melhor guardar o celular no carro, mas me senti muito constragido em ter que, ainda assim, abrir minha mochila e passar pelo detector de metal. Não sou bandido, sou um cidadão", exclama. O professor chama a atenção para as restrições descritas no verso do convite da pré-estreia de Os Vingadores que não fala sobre a exigência de entregar os aparelhos:



A jornalista Neusa Barbosa, editora do portal Cineweb, também foi contra a medida e enviou, há cerca de uma semana, às assessoras da Disney, em São Paulo, uma carta. Ao longo do texto, Neusa Barbosa cita os procedimentos tomados durante a cabine de imprensa de “Os Vingadores”, ocorrida na terça-feira (17), no Cinemark Market Place, em São Paulo. De acordo com Neusa, os jornalistas também foram obrigados a retirar todos os objetos das bolsas enquanto os funcionários fotografaram toda a ação. “Fomos forçados a tirar delas nossas chaves, canetas metálicas, espelhinhos, abrir estojos de óculos, como se fôssemos adentrar uma penitenciária, não uma sala de cinema”, detalhou a jornalista.

E não é só no cinema que o celular têm sido encarado como vilão. Restrições quanto ao uso de aparelhos também são uma realidade em ambientes como teatro, bibliotecas, bancos e escolas e contam com leis municipais em várias cidades do País. 

NO NORDESTE:

Foto: internet

No Recife, o uso de celulares está proibido nas agências bancárias desde o início de 2011, quando entrou em vigor a lei municipal nº 17.647, que objetiva evitar crimes como a chamada “saidinha de banco”. Apesar da lei, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e os bancos ainda não entraram em um acordo em relação às providências que serão tomadas para diminuir os casos de assaltos nesses locais. Representantes do MPPE e da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) se reuniram nesta quarta-feira (24), mas o encontro terminou sem definições. Multas e interdições começam na próxima segunda-feira (30).

Foto: internet

Para o vereador Alfredo Santana (PRB) os aparelhos celulares prejudicam a concentração e o rendimento dos alunos. Por conta disso, o parlamentar elaborou um projeto de lei que veta a utilização dos equipamentos em escolas municipais e particulares do Recife, exceto aqueles para uso pedagógico.

Segundo o vereador, as escolas deverão colocar avisos em local visível nas salas de aula, para divulgar a medida. “No ambiente escolar, o uso do aparelho celular vem ocasionando grandes dificuldades na aprendizagem. Esse projeto de lei foi criado após ouvir inúmeras críticas de professores e diretores de escolas sobre os alunos falarem ao celular durante a aula, trocar mensagens de texto especialmente durante as provas”, argumentou o vereador Alfredo Santana (PRB). O projeto está tramitando nas Comissões temáticas da Câmara do Recife.

BONS MODOS - A utilização correta de equipamentos eletrônicos e aparelhos celulares durante peças teatrais, exibição de filmes, no transporte público e nas salas de aula é uma questão de boas maneiras. O simples fato de desbloquear o celular, dentro de uma sala de cinema, por exemplo, compromete a atenção de quem está ao lado. Outro ponto negativo é a reprodução, venda e distribuição de produtos sem autorização e o pagamento dos direitos autorais. A pirataria é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal Brasileiro.
Foto: reprodução/Wired
Quentim Tarantino e Brad Pitt estrelam matéria sobre celular no cinema

O ator norte-americano Brad Pitt confeccionou, em agosto de 2009, um guia de boas maneiras para a revista "Wired". "Ask a basterd" (pergunte a um bastardo) traz dicas divertidas de comportamento no cinema, ao celular, na internet, no trabalho e com amigos, formuladas pelo artista. Sobre o questionamento: "Posso atender meu celular no cinema durante o filme?" Brad Pitt responde: "Nunca. Pode até ser uma interrupção de poucos segundos, mas pense no cara ao seu lado, que pode estar tentando gravar uma cópia pirata do filme". A dica acompanha uma foto de Tarantino falando ao telefone no cinema, enquanto Pitt direciona uma câmera para a tela (foto acima). O roteiro fez parte da promoção do filme de Brad Pitt, "Bastardos inglórios", lançado no mesmo ano. Foi uma forma inteligente e bem humorada de abordar o tema com o público.

DENÚNCIAS - Os consumidores que se sentirem prejudicados podem procurar os órgãos de defesa do consumidor. O PROCON-Recife atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h, na Avenida Conde da Boa Vista, 918, bairro da Boa Vista. As dúvidas e informações também podem ser obtidas pelos telefones 0800.281.1311 ou (81) 3221.8582.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

CQC causa pânico na Câmara Municipal do Recife. Vereadores fogem correndo



Blog de Jamildo 
Pense numa palhaçada.
Os vereadores do Recife, depois de tomarem conhecimento de que uma equipe do CQC estava chegando para cobrir a sessão deste tarde, com o objetivo de reportar o aumento de 62% concedido no final do ano passado, sem alarde, às escondidas, suspenderam os trabalhos sem explicação e literalmente saíram correndo. Com o reajuste, os salários dos 39 parlamentares saltarão de R$ 9.287,57 para R$ 15.031,76. 

Numa cena digna de filme pastelão, o vereador Inácio Neto, socialista desde criancinha, saiu correndo pelo jardim e alcançou a Rua Princesa Isabel. A equipe do humorístico não teve dúvida e correu atrás, sem conseguir alcançá-lo. O vereador joga futebol regularmente, é bom de pique.

Teve vereador que deixou o carro no pátio no estacionamento da câmara, pegou um táxi e depois acionou o motorista pelo celular.

Quem não conseguiu correr, como Verá Lopes, do PPS, pagou mico, dando desculpa esfarrapada para a vergonhosa majoração dos salários.

À frente da equipe do CQC, estava o humorista Ronald Rios. A produção levou marmitas para Câmara do Recife com o objetivo de sugerir que os vereadores aceitassem os presentes em substituição ao aumento nos salários. 

O presidente da Câmara Municipal do Recife, Jurandir Liberal, do PT, suspendeu os trabalhos depois de dar um pitu nos jornalistas do programa, que chegaram na casa por volta das 15 horas. Eles foram levados para a sala de imprensa, enquanto os vereadores presentes encerravam a sessão.

Por meio de sua assessoria, Jurandir Liberal informou, ainda há pouco, que acabou antes os trabalhos porque havia marcado uma audiência, junto com Augusto Carreras, do PV,  com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Ricardo Paes Barreto. Ás 16 horas. Usualmente, o grande expediente vai até depois das 16h30.

Ainda de acordo com a assessoria da Câmara, os humoristas do CQC não foram conduzidos à sala de imprensa para serem despistados. “Todos os jornalistas que cobrem a reunião plenária acompanham as discussões desta sala”.

Apesar da proposta, Marcelinho Paraíba diz que quer ficar no Sport


"Eu quero permanecer no aqui no Sport". Estas foram as palavras de Marcelinho Paraíba ao ser questionado sobre a proposta que recebeu do Grêmio Barueri. O meia, assim como o presidente do clube, Gustavo Dubeux, confirmou o interesse da equipe paulista, mas preferiu manter o foco na partida de volta contra o Náutico no próximo domingo na Ilha do Retiro. "Estou focado no pernambucano e nada vai tirar meu foco", disse.
Para manter esse "foco" no estadual, Marcelinho usará da experiência. "Não é a primeira vez que acontece na minha carreira e não será a última. Pela vivência que temos, vamos deixar isso um pouco de lado. Repito que minha vontade é ficar aqui".
Sobre a negociação de renovação do contrato com o Leão, o meia, artilheiro do Pernambucano Coca-Cola com 14 gols, adiantou que já iniciou as conversas com a diretoria rubro-negra, mas que nada ainda está decidido. "Tivemos um contato inicial, mas não acertamos nada. Não é momento de pensar nisso também. Temos que focar no Náutico".

Independente de ficar ou sair, Marcelinho quer deixar o seu nome na história do Sport com a conquista do título pernambucano deste ano. "Jogador ficar na história com títulos. Ano passado chegamos perto, mas esse ano quero ser campeão".

terça-feira, 24 de abril de 2012

Gestão do prefeito de Garanhuns é rejeitada por 75%


Blog Magno Martins

O prefeito de Garanhuns, Luiz Carlos de Oliveira (PDT), faz uma gestão desastrosa. De acordo com a pesquisa do Instituto Opinião, contratada exclusivamente pelo o blog de Magno Martins, os índices de rejeição da sua administram batem a casa dos 75%.

Já reeleito, o pedetista não anunciou ainda o seu candidato. Entre os eleitores ouvidos no município, apenas 21% disseram que aprovam o governo municipal.

As maiores taxas de rejeição do prefeito se situam entre os que ganham acima de cinco salários (83,9%), entre os que têm ensino superior (81,5%) e entre os que se situam na faixa etária acima de 35 a 44 anos (81,2%).

As melhores taxas estão entre os que cursam até a 4ª série (32,3%), os eleitores com mais de 60 anos (26,2%) e os com renda até um salário (24,4%).

Foram ouvidos 500 eleitores em Garanhuns entre os dias 18 e 19 deste mês. A margem de erro é de 4,4% para mais ou para menos. O registro no TRE recebeu o número 00015-2012.

As entrevistas com os moradores da zona urbana foram realizadas nos seguintes bairros: Aloísio Pinto, Boa Vista, Brasília, COHAB I, Dom Hélder Câmara, Dom Thiago Postman, Francisco Figueira, Heliópolis, José Maria Dourado, Loteamento São Carlos, Magano, Massaranduba, Novo Heliópolis, Parque Fênix, Centro/Santo Antônio, São José e Severiano Morais Filho.

E com os moradores da zona rural das seguintes localidades: Iratama, Miracica, São Pedro, Baixa da Telha e Estrela.

Opinião em Garanhuns: Izaias tem 27% e Zé da Luz 20%

Blog Magno Martins

Principal colégio eleitoral do Agreste Meridional, com uma população de 130 mil habitantes, Garanhuns, a 228 km do Recife, tem, hoje, na liderança da sucessão municipal o deputado Izaías Régis (PTB) com 27% das intenções de voto, seguido pelo ex-prefeito de Caetés, Zé da Luz (PHS), com 20.8% e Aurora Cristina (PSDB,) que apareceu com 9.6%. Dimas Carvalho (PCdoB) vem em seguida com 6,2%.

Também aparecem Sivaldo Albino (PPS) com 5,2%, Rosa Quidute (PT) 4,2%, Paulo Camelo (PSOL) com 2,8%, Júlio César (PDT) com 2% e Antônio João Dourado (PSB), o candidato do governador Eduardo Campos, com apenas 1,8%. Brancos e nulos somam 7,6% e indecisos 12,8%.

Foram ouvidos 500 eleitores em Garanhuns entre os dias 18 e 19 deste mês. A margem de erro é de 4,4% para mais ou para menos. O registro no TRE recebeu o número 00015-2012.

As entrevistas com os moradores da zona urbana foram realizadas nos seguintes bairros: Aloísio Pinto, Boa Vista, Brasília, COHAB I, Dom Hélder Câmara, Dom Thiago Postman, Francisco Figueira, Heliópolis, José Maria Dourado, Loteamento São Carlos, Magano, Massaranduba, Novo Heliópolis, Parque Fênix, Centro/Santo Antônio, São José e Severiano Morais Filho.

E com os moradores da zona rural das seguintes localidades: Iratama, Miracica, São Pedro, Baixa da Telha e Estrela.

Na pesquisa espontânea, modelo pelo qual o entrevistado lembra o nome do seu candidato preferido sem o auxílio da cartela com os devidos nomes, Izaías tem 10,2%, Zé da Luz 9%, Aurora 3,6%, Rosa 2,8%, Dimas 2,6%, Sivaldo 1,4%, Júlio 1,4% e Dourado 0,4%.

Izaías tem seus maiores percentuais entre os eleitores com ensino superior (39,5%), entre os com renda de três a cinco salários (35,2%), e entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos (29,9%), enquanto suas menores indicações se situam entre os eleitores na faixa etária de 25 a 34 anos (21,6%), os com grau de instrução até a quarta série (25,3%) e entre os com renda até um salário (23,6%).

O candidato do PHS, Zé da Luz, aparece melhor situado entre os com renda até um salário (29,3%), entre os que tem grau de instrução da 5ª a 8ª séries (27,6%) entre os eleitores na faixa etária dos 16 aos 24 anos (28,7%).

Seus menores percentuais, por sua vez, aparecem entre os eleitores com nível superior (11,1%), entre os que ganham acima de cinco salários (14,3%) e entre os eleitores da faixa etária de 45 a 59 anos de idade (14,9%).

segunda-feira, 23 de abril de 2012

'Houve uma piora clínica', diz médico sobre edema do filho de Leonardo

O cantor Pedro Dantas, filho do sertanejo Leonardo, apresentou uma piora clínica em seu estado de saúde, segundo médicos do Instituto Ortopédico de Goiânia. A equipe se reuniu com jornalistas na tarde deste domingo (22). O jovem, que também é cantor de música sertaneja, está em coma induzido desde sexta-feira (20), depois de sofrer um acidente de carro em uma estrada próxima à divisa entre Goiás e Minas Gerais.

De acordo com o diretor do hospital, Newton Tristão, exames feitos entre a noite de sábado (21) e a manhã de domingo (22) mostraram que "houve uma piora clínica" no edema cerebral de Pedro e o quadro é de instabilidade. Tristão afirmou, porém, que essa piora era prevista, dentro da gravidade do caso.

"Houve uma piora, sim, no quadro clínico dele, mas já esperávamos isso por causa da gravidade e por ele ainda estar nas 72 horas consideradas críticas. Então, todo paciente com estas características correm risco de morte", ressaltou o médico.

Em entrevista coletiva, a equipe médica afirmou que não há previsão para que ele saia do coma induzido. De acordo com a neurologista Edilene Guiotti, o tempo é um aliado na recuperação: "O tempo é fundamental para a evolução do paciente, mas não podemos falar em datas, até porque não temos condições clínicas para poder acordá-lo. Na verdade, estamos esperando as respostas que ele nos dá. O Pedro é quem vai nos dizer o que devemos fazer". Os médicos afirmaram ainda que ele apresenta trauma ortopédico, pulmonar, abdominal e do crânio. Dormiu no volante

O assessor de Leonardo, Marcelo Borges, também participou da coletiva e afirmou que o cantor já retornou a Goiânia e cancelou shows que faria no próximo fim de semana, mas não detalhou quais.

O cantor não deve visitar o filho neste domingo, de acordo com Borges, já que Pedro está internado na UTI. O assessor afirmou que a família está apreensiva, porém confiante na equipe médica, e que acompanha o tratamento do jovem de casa. Os médicos afirmaram que realizaram, na manhã deste domingo, uma reunião com a família para esclarecimento do caso.

Marcelo Borges disse ainda que a família rejeita a hipótese de que Pedro tenha bebido após o show que realizou em Uberlândia, em Minas Gerais, na noite de quinta-feira (19). Segundo o assessor, Pedro fazia um tratamento para emagrecer e não ingere bebida alcoólica há dois meses, além de ter o costume de não beber durante a quaresma, que se encerrou há duas semanas.

"O Pedro sempre foi muito religioso, então, nessas épocas ele não bebem mesmo. Além disso, ele tinha iniciado um tratamento para emagrecer que não permitia a aingestão de bebida alcoólica", afirmou Marcelo.

Segundo ele, a família acredita na possibilidade de o jovem ter dormido ao volante. Ainda de acordo com Borges, o fato de Pedro estar dirigindo sozinho após o show foi um "caso excepcional", já que ele mantinha o hábito de voltar para casa na companhia de sua equipe.

O jovem faz dupla com o primo Thiago, filho do falecido cantor Leandro, irmão de Leonardo. Pedro dirigia sozinho por volta das 7h de sexta-feira na rodovia MGC-452, no município deTupaciguara (MG). Ele foi inicialmente levado ao Hospital Municipal de Itumbiara, onde passou por cirurgia para conter hemorragia abdominal, e transferido na sexta-feira para Goiânia. Confiança

No sábado, Pedro recebeu visita da mãe, Maria Aparecida Dantas. Emotiva, ela disse que agradece a Deus pelo fato de Pedro estar vivo, se mostrou confiante e afirmou: “Vou continuar rezando”.

Também estiveram no local uma tia e do pai da dupla Zezé di Camargo e Luciano, Francisco Camargo. "Vi esse menino crescer. Considero a família de Leandro e Leonardo como minha família", solidarizou Francisco.

Na sexta-feira, o pai, Leonardo, lamentou ocorrido com o filho: "Eu pedia para ele dormir na cidade e só viajar depois. Mas menino você sabe como é"

Globo.com