quinta-feira, 31 de maio de 2012

Brasil goleia EUA por 4 a 1 em amistoso

 ,

NE10

A seleção brasileira voltou a jogar bem e venceu os Estados Unidos por 4 a 1, nesta quarta-feira (30), em Washington, no segundo de uma série de quatro amistosos. Com gols de Neymar, Thiago Silva, Marcelo e Alexandre Pato, a equipe repetiu o bom futebol da vitória sobre a Dinamarca no último sábado e vai com moral para as partidas diante de México, neste domingo, e Argentina, no dia 9 de junho.

Com as entradas de Neymar e Rafael, a escalação utilizada por Mano Menezes teve apenas três jogadores acima dos 23 anos - Thiago Silva, Marcelo e Hulk -, exatamente a quantidade permitida em Jogos Olímpicos. Assim, o treinador começa a dar pistas sobre qual o grupo que levará para Londres.

Sem Ganso, lesionado, Oscar voltou a aproveitar bem a oportunidade como titular e comandou o meio de campo brasileiro. Como diante dos dinamarqueses, o meia mostrou não só sua conhecida habilidade com a bola no pé, mas também muita determinação na marcação, sendo o principal destaque da equipe.

O JOGO - Assim como na partida contra a Dinamarca, a seleção brasileira começou valorizando a posse de bola, trocando muitos passes, e pressionando o adversário na marcação. Sem espaço para sair jogando, os Estados Unidos tentavam a ligação direta entre a defesa e o ataque.

Após uma recuperação de bola, saiu o primeiro gol do Brasil. Oscar puxou contra-ataque e tocou para Neymar, que deixou passar para Leandro Damião. O atacante cortou para a direita e bateu. A bola tocou no braço de Onyewu e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Neymar bateu no canto esquerdo de Howard, que pulou para o direito, abrindo o placar, aos 11 minutos.

Os jogadores norte-americanos reclamaram muito do pênalti e, nervosos, tentaram dar a resposta em sequência, deixando muitos espaços na defesa. Oscar se aproveitou novamente desta liberdade e deu grande lançamento para Leandro Damião, que saiu de frente para o gol, mas chutou em cima de Howard.

Os Estados Unidos tentavam chegar nas jogadas de bola parada, mas era o Brasil que levava mais perigo. Aos 24 minutos, Marcelo fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Howard tirou, mas a bola caiu no pé de Hulk, que bateu para dentro e só não marcou porque a defesa tirou. Na cobrança do escanteio, Neymar achou Thiago Silva, sozinho na pequena área, para ampliar.

Com a vantagem de 2 a 0 no placar, a equipe brasileira diminuiu um pouco o ritmo e já não marcava no ataque com a mesma determinação. Mesmo assim os Estados Unidos encontravam problema para sair da defesa e não ameaçavam o gol de Rafael.

A partida seguiu morna até os 44 minutos, quando os norte-americanos conseguiram diminuir. Bradley deu bom passe para Johnson, que chegou cruzando, nas costas de Danilo. Thiago Silva tentou tirar de carrinho, mas só desviou. A bola subiu e ficou na cabeça de Gomez, que tocou para o gol.

Como no primeiro tempo, o Brasil começou melhor a etapa final e chegou ao terceiro gol logo aos 6 minutos. Neymar puxou contra-ataque, tocou para Hulk e recebeu de volta. Na linha de fundo, o atacante levantou a cabeça e tocou para trás, para Marcelo, que chutou para o gol.

Irritados com a derrota, os jogadores norte-americanos começaram a entrar duro, com Neymar quase sempre como alvo, e a partida ficou nervosa. Aos 17 minutos, o time da casa quase diminuiu, mas Rômulo, em cima da linha, impediu gol certo de Gomez, que cabeceou após ótima jogada de Johnson.

Aos 20 minutos o Brasil respondeu, com seus principais destaques da partida. Neymar fez linda tabela com Oscar e cruzou para Pato. O atacante, que havia acabado de entrar no lugar de Leandro Damião, se esticou todo, mas tocou na trave.

Os Estados Unidos tiveram grande chance para diminuir aos 31 minutos, mas Rafael, por duas vezes, evitou o gol, nos chutes de Gomez e Boyd. O goleiro voltou a salvar a seleção aos 39, na cabeçada de Bradley. No lance seguinte, foi a vez do travessão ajudar o Brasil e impedir o gol dos anfitriões.

Apesar da insistência do time norte-americano, foi o Brasil que chegou ao quarto gol e fechou o placar. Marcelo deu ótimo lançamento para Alexandre Pato, que dominou e bateu cruzado, aos 42 minutos.

FICHA TÉCNICA:


ESTADOS UNIDOS 1 X 4 BRASIL
ESTADOS UNIDOS - Howard; Cherundolo (Parkhurst), Bocanegra, Onyewu, Fabian Johnson (Castillo); Bradley, Jermaine Jones (Beckerman) e Mo Edu (Terrence Boyd); José Torres (Dempsey), Donovan e Herculez Gomez. Técnico: Jurgen Klinsmann.
BRASIL - Rafael; Danilo, Thiago Silva, Juan e Marcelo (Alex Sandro); Sandro, Rômulo e Oscar (Giuliano); Neymar (Lucas), Hulk (Casemiro) e Leandro Damião (Alexandre Pato). Técnico: Mano Menezes.
GOLS - Neymar, aos 11, Thiago Silva, aos 25, e Gomez, aos 44 minutos do primeiro tempo. Marcelo, aos 6, e Alexandre Pato, aos 42 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS - José Torres, Oscar, Jermaine Jones, Marcelo.
ÁRBITRO - Jeffrey Calderón (Costa Rica-Fifa).
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - FedEx Field, em Washington (Estados Unidos).
Fonte: Agência Estado

Zagueiro César não renova contrato com o Sport

Blog do Torcedor


Depois de cinco anos dedicados ao clube, o zagueiro César não vai mais vestir a camisa do Sport. O seu contrato com o Leão da Ilha do Retiro se encerrou no mês de maio e o jogador havia se recuperado de uma séria lesão no joelho. Faltava apenas o acerto de um novo contrato para que o jogador voltasse aos campos após os tenebrosos meses de recuperação. No entanto, numa reunião na tarde desta quarta-feira, a diretoria do Sport decidiu por não mais contar com o atleta.
O anúncio da não renovação de contrato do jogador aconteceu durante a entrevista que o presidente do Sport, Gustavo Dubeux, concedeu ao programa Esporte 10, da Rádio Blog do Torcedor (www.radioblogdotorcedor.com.br). "César tem serviços prestados no Sport, tem um bom caráter, gostamos muito dele. Mas, numa reunião com a diretoria, decidimos por não renovar o seu contrato. O jogador vai continuar treinando no Sport até encontrar um novo clube para trabalhar", disse.
Gustavo Dubeux não falou, mas comenta-se que o fator que definiu a saída de César do Sport foi o fato do atleta ter 31 anos e vir de duas cirurgias sérias no joelho. Ou seja, foi colocado em xeque o seu rendimento e a produtividade no clube nesta temporada, já que, na ótica dos dirigentes, existem muitas opções para o setor. César conquistou quatro títulos estaduais e a Copa do Brasil. O jogador planejava continuar jogando pelo Sport. Tentamos entrar em contato com César, via celular, mas o atleta não atendeu.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Justiça de Minas concede liberdade condicional ao goleiro Bruno

G1


A Justiça de Minas Gerais concedeu na tarde desta terça-feira (29) a liberdade condicional ao goleiro Bruno Fernandes referente ao processo de cárcere privado e lesão corporal de Eliza Samudio, pelo qual o atleta foi condenado pela Justiça do Rio de Janeiro a quatro anos e seis meses de prisão. Mas para deixar a prisão, o jogador ainda depende do julgamento de um pedido de habeas corpus pelo Supremo Tribunal Federal (STF) relacionado ao desaparecimento e morte da ex. Na sessão de análises de pedidos de habeas corpus do Supremo desta terça-feira, o processo no goleiro não estava na pauta.
O pedido de liberdade condicional foi julgado pelo juiz Wagner Cavalieri, da Vara de Execuções Criminais de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, devido ao fato de o goleiro estar detido na Penitenciária Nelson Hungria, na mesma cidade. De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), na condenação do Rio de Janeiro, Bruno já tinha direito à liberdade condicional desde janeiro deste ano pelo tempo de pena cumprida, mas nenhum pedido havia sido feito anteriormente. Após se entregar à polícia no Rio de Janeiro, Bruno foi transferido em 8 de julho de 2010 para Minas Gerais, onde a polícia investigava o sumiço da modelo vista pela última vez no sítio do goleiro em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Por determinação da Justiça mineira, desde então, o atleta cumpre prisão provisória no processo de morte e desaparecimento de Eliza Samudio.

O advogado Francisco Simim, responsável pela defesa do goleiro, informou ao G1 que independentemente da decisão em relação à liberdade condicional, Bruno continuará detido por causa do mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça de Minas Gerais.

Caso Eliza Samudio
O goleiro Bruno Fernandes e mais sete réus vão a júri popular no processo sobre o desaparecimento e morte de Eliza Samudio, ex-namorada do jogador. Para a polícia, Eliza foi morta em junho de 2010 na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e o corpo nunca foi encontrado. Em fevereiro de 2010, a jovem deu à luz um menino e alegava que o atleta era o pai da criança. Atualmente, o menino mora com a mãe de Eliza, em Mato Grosso do Sul.

O goleiro, o amigo Luiz Henrique Romão – conhecido como Macarrão –, e o primo Sérgio Rosa Sales vão a júri popular por sequestro e cárcere privado, homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. Sérgio responde ao processo em liberdade. O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, também está preso e vai responder no júri popular por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver.

Dayanne, ex-mulher do goleiro; Wemerson Marques, amigo do jogador, e Elenílson Vítor Silva, caseiro do sítio em Esmeraldas, respondem pelo sequestro e cárcere privado do filho de Bruno. Já Fernanda Gomes de Castro, outra ex-namorada do jogador, responde por sequestro e cárcere privado de Eliza e do filho dela. Eles foram soltos em dezembro de 2010 e respondem ao processo em liberdade. Flávio Caetano Araújo, que chegou a ser indiciado, foi inocentado.

Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), não há previsão de data para o julgamento do caso Eliza Samudio.

Claudia Leitte se diverte no "CQC" e alfineta os senadores


A cantora Claudia Leitte foi a convidada especial do "CQC" desta última segunda-feira (28).

Assim que entrou no estúdio, ela não tinha uma cadeira para se sentar e brincou com a situação.

"Estou aqui atrás e não tem uma cadeira. Eu tô brava já. Tô gestante. É falta de respeito", disse ela. Então, Marcelo Tas cedeu o seu lugar à cantora e fez vários elogios a ela.

O apresentador do programa gostaria que Claudia Leitte participasse da edição inteira, mas não foi possível. Bem-humorada e com boas tiradas, a loira disse que não poderia pois teria que cuidar de seu cachorro.
 

No "CQC", Claudia Leitte comentou algumas reportagens e chegou a alfinetar os senadores brasileiros. "Tantas coisas negativas já invadiram esse Senado. Por que o ’CQC’ não pode entrar lá? Que ele tenha as portas abertas", disse ela após assistir a uma matéria sobre a proibição da equipe do programa no Senado.

Polícia Civil de Pernambuco para em todo o Estado nesta quarta-feira

Do NE10
Os Policiais Civis de Pernambuco realizam, a partir da 0h desta quarta-feira (30), uma paralisação de 24h. Todas as delegacias do Estado vão interromper o atendimento, apenas sendo garantidas as atividades essencias e emergenciais - lavratura de flagrantes, condução de presos aos presídios e casas de detenção, levantamento cadavérico no local do crime e liberação de cadáver no Instituto Médico Legal (IML).
Entre os pontos que estão na pauta de reinvidicações estão melhores condições de trabalho, reposição salarial e o pagamento de hora extra e adicional noturno. De acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), Claúdio Marinho, "para compensar as horas extras são dadas diárias ou o agente participa do programa de jornada extra, no qual é pago R$ 4,47 por hora trabalhada, quando deveria ser pago R$ 20,33, de acordo com a legislação vigente", conta.
A mobilização terminará com uma passeata programada para as 14h saindo da sede do Sinpol, no bairro da Santo Amaro, em direção ao Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo, para entrega de documento com as principais reinvidicações e dossiê produzido pelo Sinpol, com análise da situação de 120 delegacias do Estado. "As delegacias estão precárias em todos os sentidos, algumas não possuem nem vasos sanitários", afirma o presidente.
Os policiais ainda solicitam melhores condiçoes das viaturas policiais, para evitar problemas como o que aconteceu em Caruaru na última sexta-feira (25), quando uma investida de três homens contra um carro da Polícia Civil, acabou deixando um detento morto e outro ferido. O caso ocorreu a duas quadras da Delegacia do município após a unidade deixar o local. "O carro utilizado para mobilizar os presos era um Gol, sem xadrez, expondo todos os que estavam dentro do veículo", explica Claúdio Marinho.
SERTÃO - Em Petrolina, uma mobilização com todos os policiais civis da região será realizada a partir das 15h em frente à Delegacia do bairro Ouro Preto.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Professores da UFPE abraçam prédio da Faculdade de Direito em protesto nesta terça

Do NE10
Professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em greve desde o dia 17, realizam mais uma manifestação na manhã desta terça-feira (18). Os docentes vão abraçar o prédio da Faculdade de Direito do Recife, no Centro do Recife, em mobilização intitulada "Abrace Nosso Direito".

A reivindicação é contra a situação da carreira atual dos docentes e a estagnação nas negociações com o governo para um rejuste salarial. De acordo com o presidente da Associação dos Docentes da UFPE (Adufepe), Jaime Mendonça, o governo não cumpriu o acordo feito em 2011. O acordo garantia um reajuste de 4% a partir de março deste ano, incorporação da gratificação específica do magistério superior (Gemas) e compromisso de reestruturar as carreiras do magistério superior e ensino básico, técnico e tecnológico.

REUNIÃO
 - O comando nacional da greve deveria reunir-se com Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão (MPOG) nesta segunda-feira (28). Mas a negociação foi cancelada na última sexta-feira (25), pelo governo. Segundo a Associação dos Docentes da UFPE (Adufepe), a ausência de resposta pode causar novos protestos.

A greve de 2012 da Universidade ainda não tem fim programado. A última paralisação, também de caráter nacional, foi em 2005 e durou cerca de três meses. A principal reivindicação era de um reajuste de 18%. Essa greve acabou sem que houvesse possibilidade de negociação com o governo federal.

Prática de bullying poderá virar crime

DO NE10


A comissão de juristas do Senado que discute mudanças ao Código Penal aprovou nesta segunda-feira (28) proposta para criminalizar a prática de bullying. O crime, que será considerado no anteprojeto de lei "intimidação vexatória", terá pena de um a quatro anos de prisão.
Pela proposta, pratica o crime quem "intimidar, constranger, ameaçar, assediar sexualmente, ofender, castigar, agredir ou segregar" criança ou adolescente "valendo-se de pretensa situação de superioridade". O delito pode ser realizado por qualquer meio, inclusive pela internet. Se o crime for praticado por menores, ele será cumprido, em caso de condenação, em medida sócio-educativa.
A comissão também aprovou a criação do crime de stalking, conhecido popularmente de perseguição obsessiva. A proposta sugere a punição de até seis anos de prisão para alguém que perseguir outra reiteradamente, ameaçando sua integridade física ou psicológica ou ainda invadindo ou perturbando sua privacidade. O colegiado aprovou ainda o aumento da pena de prisão para o crime de ameaça, que subiu de um a seis meses para seis meses a um ano de prisão.
Fonte: Agência Estado

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Rádio Jornal Garanhuns 61 Anos



A RÁDIO DIFUSORA DE GARANHUNS,(HOJE RÁDIO JORNAL), FUNDADA NO DIA 26 DE MAIO DE 1951, FEZ 61 ANOS. FOI A PRIMEIRA EMISSORA DO INTERIOR PERNAMBUCANO. O PREFEITO DO MUNICÍPIO ERA CELSO GALVÃO, QUE HOJE DÁ NOME AO PALÁCIO DO GOVERNO,. À INAUGURAÇÃO DA RÁDIO ESTIVERAM PRESENTES AS AUTORIDADES DA ÉPOCA, O PRÓPRIO F. PESSOA DE QUEIROZ, ALBEREDES NICÉIAS (PRIMEIRO GERENTE), MAURÍCIO ACIOLY E ERASMO SOARES, DENTRE OUTROS QUE FORAM OS PRIMEIROS LOCUTORES. AUGUSTO CALHEIROS, JÁ FAMOSO, MORANDO NO RIO DE JANEIRO, TAMBÉM VEIO, JUNTAMENTE COM UM TIME DE ARTISTAS DE VÁRIAS CIDADES IMPORTANTES. NA RÁDIO DIFUSORA – QUE PASSOU A SE CHAMAR RÁDIO JORNAL GARANHUNS A PARTIR DO FINAL DA DÉCADA DE 80, QUANDO FOI COMPRADA PELO EMPRESÁRIO JOÃO CARLOS PAES MENDONÇA – JÁ PASSARAM GRANDES NOMES DA RADIOFONIA LOCAL E ESTADUAL. PODEMOS CITAR ALGUNS QUE MARCARAM ÉPOCA: IVO DE SOUZA, SOLON GOMES, ROSSINI MOURA, JOSÉ INÁCIO RODRIGUES,  AGUINALDO BARROS, ROSA MARIA, JOSÉ MARCOS LEITE, ALDO VILELA,  JONAS LIRA, GERSON LIMA, HUMBERTO DE MORAIS E ALUÍZIO ALVES. HOJE FAZEM OS PROGRAMAS MAIS OUVIDOS DA EMISSORA JOVENS COMO EDUARDO PEIXOTO E ARISTON BRITO, ALÉM DO VETERANO ROBERTO SAMPAIO.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Pedro Leonardo passa primeira noite fora da UTI após acidente


R7

Após pouco mais de um mês do grave acidente que Pedro Leonardo sofreu quando voltava de um show em Uberlândia (MG), o cantor passou sua primeira noite fora da UTI no hospital Sírio-Libanês, onde está internado desde o dia 26 de abril.
O quadro de saúde de Pedro e sua constante melhora impressionaram os médicos. O cantor acordou do coma no último domingo (20), durante visita de sua mãe. Após sair do coma, recebeu visitas de amigos e parentes e demonstrou ânimo e disposição. Seu pai Leonardo se encontrou com o filho na segunda-feira (21) e disse que a recuperação de Pedro ocorreu graças às orações dos fãs.

— Em momento algum a gente desgrudou da fé. Cada minuto que passa ele está melhor. Está provado que foi Deus e que foram as orações do Brasil inteiro que fizeram com que ele se reestabelecesse

Na última terça-feira (22), Pedro passou por uma cirurgia para corrigir fraturas na perna esquerda. De acordo com Ede Cury, assessora do cantor, o procedimento, iniciado às 8h, correu bem e irá permitir que o jovem volte a sentar.
O cantor deixou a UTI na noite de quarta-feira (23). O próximo passo, é fazer uma cirurgia na perna direita, onde vários ligamentos foram rompidos. A data desse procedimento ainda não foi definida.
Ainda na quarta, o primo Thiago Costa, que também é parceiro de Pedro na dupla sertaneja, dedicou a vitória do Corinthians sobre o Vasco ao cantor pelo Twitter. O filho de Leornardo é corintiano.
AcidentePedro sofreu um acidente de carro há pouco mais um mês, quando voltava de um show em Uberlândia (MG). Ele capotou o veículo por volta das 6h30 do dia 20 de abril. O acidente ocorreu no km 26 da rodovia MG-452, na região de Tupaciguara (MG). O cantor estava sozinho e não bateu em nenhum veículo. Depois de ser socorrido, Pedro foi atendido no Hospital Municipal de Itumbiara, onde realizou uma cirurgia para conter uma hemorragia interna. Depois, ele foi transferido para Goiânia, onde o cantor sofreu duas paradas cardíacas.
Seis dias depois do acidente, ele foi levado para São Paulo e, desde então, segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Sírio-Libanês, na região central da capital paulista. No domingo passado (13), o jovem passou por uma cirurgia de ressutura da parede abdominal. De acordo com Ede, ele passou por esse procedimento porque os pontos internos teriam se rompido devido à movimentação natural do cantor.

Delegado do Cabo de Santo Agostinho morre após complicações pós-operatórias

Do NE10
O delegado Artur Tito Mendes, da Delegacia do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, morreu aos 47 anos no início da noite dessa quarta-feira (23), por complicações pós-operatória. No final de semana, Mendes tinha passado por uma cirurgia para retirada de um nódulo na garganta.

O corpo está sendo velado na sede da chefia da Polícia Civil, na Rua da Aurora. O enterro está marcado para esta quinta-feira (24), no Cemitério Parque das Flores, no Sancho. A família não informou o horário.

Artur Tito entrou na Polícia Civil em 1998. Primeiro ele trabalhou na Unidade Policial do Cordeiro e depois passou pelas delegacias de Vitória de Santo Antão, Goiana e Carpina, na Zona da Mata de Pernambuco. O delegado também trabalhou nas unidades especializadas de Roubo de Cargas e Homicídios, na Delegacia de Itapissuma e na Unidade Seccional de Serra Talhada.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Gasolina fica 40% mais barata na próxima quinta-feira em Caruaru

Do NE10



Na próxima quinta-feira (24) será realizada a segunda edição do Dia da Liberdade de Impostos (DLI), promovida pela CDL Jovem de Caruaru. O evento acontecerá exclusivamente no Posto IBF (Bandeira Ypiranga), na Avenida Agamenon Magalhães. No local serão vendidos 5.500 litros de gasolina com cerca de 40% de desconto, pagando à vista. Há um limite de litros por carro e por moto. A ação começa às 7h com a distribuição das senhas e a previsão de término é às 12h.
Serão distribuídos folders informativos e brindes. Também haverá apresentação teatral, com objetivo de conscientizar a população sobre a alta carga tributária que é cobrada. De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), os brasileiros passam 145 dias do ano para pagar todos os impostos cobrados pelo governo.
A CDL Caruaru foi a primeira cidade do interior do Nordeste a aderir a essa campanha, que já deu certo em grandes centros urbanos como Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo. “Não somos contra os impostos, o que estamos queremos com esta campanha é demonstrar a população o quanto a carga tributária é alta”, explica o presidente da CDL Jovem, Alberes Lopes.

Governo reduz IPI de carros e tributo sobre operações de crédito

G1



O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta segunda-feira (21) um pacote de medidas para estimular o crédito no país. Entre elas, está a redução do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para compra de carros, além da diminuição do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) para todas as operações de crédito de pessoas físicas de 2,5% para 1,5% ao ano. A redução do IPI vale até 31 de agosto. Segundo a Fazenda, as medidas valem a partir desta terça-feira (22).
O objetivo é estimular a atividade econômica. "Estamos diante do agravamento da crise financeira internacional. E isto está trazendo problemas para os emergentes como um todo. Exige esforços redobrados para manter a taxa de crescimento em um patamar razoável (...) O governo tem de tomar medidas de estímulo para combater as consequências dos problemas trazidos pela crise financeira internacional", explicou Mantega a jornalistas. Segundo ele, a renúncia fiscal das desonerações anunciadas hoje (valor que o governo deixará de arrecadar) é de R$ 2,1 bilhões em três meses.
De acordo com o Banco Central, o nível de atividade econômica do país registrou queda pelo terceiro mês seguido, de 0,35%, em março deste ano, na comparação com o mês anterior. Com isso, o Índice de Atividade Econômica do BC, o IBC-Br, que é um indicador criado para tentar antecipar o resultado do PIB pela autoridade monetária, fechou o primeiro trimestre de 2012 com alta de 0,15% ante o trimestre anterior. Isso mostra desaceleração frente ao crescimento de 0,19% do terceiro para o quarto trimestre do ano passado.
arte medidas governo crédito (Foto: Editoria de Arte/G1)
IPI de automóveis
Para a aquisição de automóveis, o governo informou que as empresas que estão instaladas no Brasil terão seu IPI para carros de até mil cilindradas (1.0) será reduzido de 7% para zero até o fim de agosto deste ano. Para carros importados de fora do Mercosul e México, a alíquota cairá de 37% para 30%, informou o ministro.
Para veículos de mil cilindradas (1.0) a duas mil cilindradas (2.0), a alíquota para carros a álcool e "flex" (álcool e gasolina), para empresas instaladas no Brasil, será reduzida de 11% para 5,5%. Para os carros importados, a alíquota será reduzida de 41% para 35,5%. Já para carros a gasolina de mil a duas mil cilindradas, o IPI cairá de 13% para 6,5% para carros produzidos no Brasil e de 43% para 36,5% para veículos de fora do Mercosul e México. No caso dos utilitários, a alíquota será reduzida de 4% para 1% (empresas instaladas no país) e, para carros importados, cairá de 34% para 31%.
Além disso, Mantega informou que o setor privado se comprometeu a dar descontos sobre as tabelas em vigor. Segundo ele, os desconto será de 2,5% para carros de até mil cilindradas, de 1,5% para automóveis de mil a duas mil cilindradas e de 1% para utilitários e comerciais. O objetivo de todas estas medidas é de reduzir, segundo Mantega, o custo dos carros em aproximadamente 10% nas revendedoras.
"Para o setor automotivo, estamos implementando as medidas financeiras. Os bancos privados e públicos se comprometeram em aumentar o volume de crédito; aumentar o número de parcelas. O financiamento terá mais parcelas, e também se comprometeram em reduzir a entrada para aquisição do bem, além de realizar redução do custo financeiro, ou dos juros do empréstimo", afirmou Mantega.
Alta da inadimplência
Dados do BC mostram que, em março, a inadimplência para compra de veículos, que registra atrasos superiores a 90 dias, atingiu a marca de 5,7%, o maior valor de toda a série histórica, que começa em junho de 2000. Em fevereiro deste ano, a inadimplência destas operações estava em 5,5%. Com isso, os bancos puxaram o freio na concessão de novos financiamentos neste ano. 
"As medidas anunciadas, sem dúvida, atendem à demanda do setor. A indústria está com estoques muito altos", afirmou o presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Cledorvino Belini, após o anúncio.
Liberação de compulsórios para carros
Além de baixar o IPI para compra de veículos, e de reduzir do IOF sobre todas as operações de crédito para pessoas físicas, o governo também anunciou a liberação de parte dos depósitos compulsórios (recursos ficam retidos no BC para controlar a inflação) para estimular o crédito para a aquisição de veículos. 
"O BC vai liberar compulsório para viabilizar um volume maior de crédito nessas atividades e para reduzir o custo do crédito. Vai reduzir o compulsório para esta carteira de financiamento, para aumentar o volume do crédito e baixar o custo", declarou Mantega.
Mais tarde, ainda nesta segunda, o Banco Central informou que foi aprovada uma circular que altera a regra dos depósitos compulsórios (que ficam retidos no BC para controlar a inflação) sobre recursos a prazo, permitindo que as instituições financeiras utilizem aproximadamente R$ 18 bilhões a mais para a realização de novas operações de crédito para financiamento de automóveis e de veículos comerciais leves. Esse montante representa, ainda de acordo com a autoridade monetária, cerca de 10% do total de crédito concedido ao segmento.
Linhas de crédito para investimentos
Para novos investimentos das empresas, o ministro Mantega informou que as linhas de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) serão menores. O financiamento para pré-embarque de exportações, por exemplo, passará de 9% para 8% ao ano. Para compras de ônibus e caminhões, está sendo reduzida de 7,7% para 5,5% e, para compra de máquinas e equipamentos para produção, os juros estão caindo de 7,3% para 5,5% ao ano. No caso do Proengenharia, a taxa passou de 6,5% para 5,5% ao ano.

Mancini se mostra exigente com o elenco



Blog do Torcedor
O técnico Vágner Mancini assumiu formalmente o comando do Sport nesta segunda-feira. Teve uma conversa com o elenco, que se dividiu em um treinamento coletivo entre reservas contra juniores, enquanto os titulares do jogo contra o Flamengo fizeram trabalhos regenerativos incluindo voltas ao redor do gramado.

Na opinião do treinador, a partida do último sábado deve ser vista como parâmetro para o Sport no aspecto entrega, determinação. "Eu fiquei bastante satisfeito pela entrega dos jogadores no sábado. Mas temos muito a melhorar ainda. É esse perfil de equipe que queremos, bastante aguerrido", disse.

Porém, o comandante espera bem mais dos pontos de vista técnico e tático. "[Na partida] Ficamos um pouco abaixo do que é uma Série A. Tivemos uma equipe que brigou bastante, fez o adversário jogar no campo de defesa, mas apresentou erros." Mancini admitiu a necessidade de reforços para melhorar a qualidade técnica do elenco. Entretanto, reconhece que, com trabalhos táticos, será possível "recuperar" alguns dos jogadores de quem se esperava mais futebol até aqui na temporada. 


"No quesito técnco teremos de fazer algumas contratações. Na parte tática dá para corrigir algumas situações e buscar com que alguns jogadores que não vinham atuando bem passem a render mais. Existem atletas que você pode melhorar a produção se você puder dar uma nova proposta de jogo a eles", analisou.

Alguns jogadores devem deixar o elenco. Até agora não se sabe quem (Fotos de Breno Pires/Blog do Torcedor/NE10)

Aqueles que não se encaixarem na proposta do treinador, ou não renderem o suficiente, seguirão outro caminho. Mancini disse que não existe uma lista de dispensa, mas haverá uma remodelação do elenco condizente com a avaliação permanente que começa a fazer. "Aquele que se aperfeiçoar tem chance de ficar", resumiu o treinador.

NOTÍCIAS DO DM
Na reapresentação do Sport após a estreia na Série A, Naldinho não treinou. O jogador dá sinais de que está com uma lesão muscular e passará por exames nesta terça-feira para avaliar a gravidade. Além de Naldinho, o volante Hamilton e o atacante Jael tem pouquíssimas chances de atuar na partida contra o Santos, no próximo domingo.
Quem trabalhou sem problemas foi Marquinhos Paraná. Após mais de duas semanas sem jogar, ele está liberado e poderá ser escalado para o jogo na Vila Belmiro a depender de Vágner Mancini.
O atacante Felipe Azevedo, que pediu para sair do jogo contra o Flamengo, não treinou porque foi buscar os familiares. Mas não preocupa o DM.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Pedro Leonardo acordou, informa assessora do cantor Leonardo

G1


A assessora do cantor sertanejo Leonardo, Ede Cury, informou por volta das 20h45 deste domingo (20) que Pedro Leonardo saiu do coma no qual se encontrava há um mês, depois de um acidente de carro, e estaria consciente, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.
Ede relatou que Pedro Leonardo acordou ao ser instigado pela própria mãe. "Pedro, fala oi pra mãe! Aí ele virou e falou: 'Oi, mãe!'", contou. Em seguida, os médicos entraram na UTI e trocaram os aparelhos da traqueostomia para que ele pudesse falar melhor.
Pedro sofreu um acidente de carro há exatamente um mês, em 20 de abril, próximo ao município de Tupaciguara, em Minas Gerais, quando voltava de um show. Ele foi inicialmente levado ao Hospital Municipal de Itumbiara, em Goiás, onde passou por cirurgia para conter hemorragia abdominal, e foi transferido no mesmo dia para Goiânia. Depois, foi de avião ao hospital em São Paulo.
Ede Cury contou que a mãe de Pedro Leonardo, Maria Aparecida Dantas, foi quem informou que o filho acordou. A equipe médica do Hospital Sírio-Libanês que cuida do cantor confirmou a informação ao G1.
Apesar de Pedro ainda estar internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ele está consciente e até respondeu a algumas perguntas dos médicos. Ao ser questionado sobre quem era o pai dele, ele sorriu e respondeu: "Leonardo".   Segundo o médico Roberto Kalil Filho, que coordena a equipe, o processo de recuperação do cantor vai entrar em uma nova fase, mas que ainda não é possível saber se ele ficará com sequelas.
Leonardo fazia show na cidade de Aurilândia, no interior de Goiás, quando foi informado da melhora do quadro de saúde do filho, segundo Ede Cury.
Na sexta-feira (18), a assessora havia informado que Pedro Leonardo seria submetido  a uma cirurgia na próxima semana. O procedimento cirúrgico em Pedro deveria acontecer na próxima terça-feira (22) , dependendo do estado de saúde do artista. Não há informações sobre se a operação será mantida.
Em 9 de maio, Roberto Kalil afirmou que Pedro tem uma fratura na fêmur que necessita de intervenção cirúrgica.
Histórico
Horas após o acidente, ainda no interior de Goiás, Pedro foi submetido a uma cirurgia para retirada do baço. Ele sofreu traumatismo craniano e trauma abdominal e teve de ser colocado em coma induzido. No mesmo dia, foi transferido para hospital de Goiânia.
Em 23 de abril, Pedro Leonardo sofreu uma parada cardiorrespiratória. No dia 26, o sertanejo foi transferido para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Em 29 de abril, a equipe médica decidiu suspender a sedação do cantor, para verificar como ele reagiria sem a medicação. Ele permaneceu em coma.
Nos últimos dois dias, parentes relataram que ele vinha reagindo, mesmo inconsciente, cada vez mais aos estímulos provocados por amigos e familiares. Retomada de shows
Dupla de Pedro, o cantor Thiago informou na quarta-feira (16) que retomaria a agenda de shows.
Em mensagens publicadas em sua página pessoal no Twitter, Thiago comentou sobre a volta aos palcos durante o período de recuperação de Pedro.

"Galera, a decisão de dar continuidade na carreira e continuar o sonho da dupla Pedro e Thiago é em conjunto com a família, e tenho certeza... Que Pedro ficara muito orgulhoso dessa atitude! Faço isso tb em respeito aos contratantes que acreditam na nossa dupla e a todas as pessoas que gostam do nosso trabalho!!", escreveu o cantor em três mensagens na rede social. (G1 manteve o texto original escrito pelo primo do cantor).

A retomada das apresentações foi confirmada pelo empresário da dupla, Doriva Lobo, na semana passada. Segundo ele, a decisão foi tomada durante os últimos dias. "A vida não pode parar, então vamos esperar a volta do Pedro [nos palcos]", disse. Segundo Lobo, Thiago não fez nenhuma apresentação desde o acidente de Pedro, em 20 de abril.
De acordo com Ede Cury, os próximos shows de Thiago irão repor as apresentações que foram canceladas após o acidente. Ainda não há, no entanto, a confirmação dos locais desses shows. “Tudo está dependendo do parecer dos médicos quanto à cirurgia. Depende de como será a recuperação dele [Pedro]”, disse Cury.
Tipos de coma
O coma é um estado de inconsciência que tem vários graus de resposta e pode acontecer por diferentes razões, como uma pancada na cabeça, uma inflamação, abuso de remédios e mesmo como consequência de um infarto ou derrame, explicou Silva.
O paciente fica em coma induzido justamente para preservar o cérebro das alterações que estão acontecendo em seu organismo por causa das lesões adquiridas no acidente. Como o metabolismo fica mais lento, o paciente consegue resistir aos vários problemas por mais tempo, principalmente se manter o cérebro “quietinho”, explicou, na época da suspensão da sedação, o neurologista Ademir Baptista Silva, chefe da disciplina de neurologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp, que não faz parte da equipe que trata Pedro Leonardo.
Já o coma clínico é uma resposta do próprio corpo a algum trauma ocorrido no cérebro. A pessoa pode ficar inconsciente mesmo se sofrer uma lesão mínima na região.
“A consciência é quando o cérebro consegue reconhecer e se relacionar com pessoas, mas mesmo inconsciente pode ter reflexos, como a um estimulo doloroso, abrir o olho, mas não consegue manter contato”, disse Silva.
Implicações 
O paciente em coma tende a ficar muito tempo deitado na cama de hospital, o que pode ainda causar outros problemas de saúde, como trombose ou atrofia nas pernas. O uso de meias especiais atreladas a um equipamento que aquece os pés do paciente, junto ao uso de remédios anticoagulantes e outros tipos de cuidados realizados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) evitam que isso aconteça.

Robin Gibb, da banda Bee Gees, morre aos 62 anos

Do NE10
Robin Gibb, uma das três vozes da banda Bee Gees, faleceu neste domingo (20), aos 62 anos, após o diagnóstico, há dois anos, de câncer. 

A família anunciou o falecimento com tristeza e pediu que o momento de privacidade fosse respeitado. Gibb foi diagnosticado há dois anos com câncer no cólon e no fígado. Atualmente, estava hospitalizado por causa de uma pneumonia.

Barry, Maurice e Robin Gibb alcançaram a fama nos anos 70 com sucessos como "How Deep Is Your Love", "Stayin' Alive" e "Night Fever". A banda atingiu um recorde de vendas de mais de 200 milhões de discos após seus primeiros sucessos, na década de 70.

Ouça Stayin' Alive, um dos grandes sucessos da banda que foi eternizado no filme Os embalos de sábado à noite.
Blog do Jamildo 


Após uma guerra judicial, tumulto em zonas eleitorais e uma militância expressiva nas ruas, o prefeito João da Costa venceu o deputado federal Maurício Rands na prévia petista deste domingo (20) com 51,9% dos votos, de acordo com informações não-oficiais. Entretanto, começa uma nova disputa interna no partido. Por causa da judicialização do pleito em torno da polêmica dos filiados aptos a votar, o candidato que concorrerá às eleições de outubro pela sigla só será homologado no dia 28, após uma reunião do diretório nacional, estadual e municipal. No fim das contas, o único fato concreto é que a  vitória de Costa, na verdade, não foi apenas perante Rands, mas principalmente sob o senador Humberto Costa, o deputado federal João Paulo e o governador Eduardo Campos, que, nos bastidores, bancou a campanha de Rands. Os dois primeiros fizeram questão de demonstrar apoio incondicional a Rands e o tempo todo em entrevistas reforçaram  que a população e a militância queriam trocar o prefeito, mas não o partido. Já Eduardo Campos pretendia, segundo disse-me-disse,  ver o PT rachado para lançar seu próprio candidato. A grande obra de João Paulo foi separar as pessoas
Por tudo isso, os adversário de Costa, a quem chamavam de isolado, ainda fazem questão de não reconhecer a derrota. Pressionam o diretório nacional à interferir no pleito local. Humberto Costa já falou até em anulação do pleito. E o secretário nacional do partido, Eloy Pietá, que veio ao Recife acompanhar a eleição deste domingo, já engoliu a corda. Asseverou que houve erro dos dois lados, "mentiras", nas palavras dele, que induziram juízes ao erro nas três liminares expedidas pela Justiça entre o sábado e este domingo. Na primeira, Costa defendia o direito de todos os filiados de votar e não apenas os que tinham quitado suas contribuições financeiras com a legenda até o dia 5 (no caso da individual) ou 10 (a coletiva), mencionando que isto era uma decisão do secretário de organização nacional. Na segunda, Rands cassava a primeira liminar. E na terceira, Costa reconquistava o direito de todos votarem.
"Houve dois erros. O primeiro é que quem havia tomado as decisões sobre os votos não foi o secretário de Organização, como foi informado à justiça [na primeira liminar]. A decisão foi algo coletivo, com todo o diretório nacional. O segundo ponto foi o recolhimento da contribuição. Foi informado à Justiça que a quitação coletiva abrangia os mais de 20 mil filiados, o que não é verdadeiro", afirmou o secretário Eloy Pietá, completando que a situação de cada filiado será analisada individualmente pelo diretório nacional.
A confusão judicial acabou repercutindo nas zonas eleitorais, onde também causou confusão. Em todos os locais de votação, eleitores reclamavam que tinham sido chamados para votar, mas seus nomes não constavam na lista. Alguns desistiram e outros tiveram que esperar uma nova lista chegar (dependendo da liminar que estava valendo naquele momento). Para completar, a militância foi às ruas engajada e houve brigas em alguns momentos entre grupos adversários, como no momento em que João Paulo chegou para votar na Escola Sizenando Silveira, em Santo Amaro, área central da cidade. Um militante agrediu outro com um soco, fazendo a coordenação do prédio precisar acionar o Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) da Polícia Militar para acalmar os ânimos.
 Relembre o dia em fotos: 

domingo, 20 de maio de 2012

Sport e Flamengo estreiam na Série A com empate em 1x1

Foto: Guga Matos/JC Imagem
Blog do Torcedor



Sport e Flamengo empataram o jogo em 1x1, na noite deste sábado, na estreia da Série A do Campeonato Brasileiro. Bastante superior na maior parte do jogo, o Sport saiu na frente com Marquinhos Gabriel, mas não conseguiu segurar a vantagem e deixou o rubro-negro carioca empatar com Vágner Love. Quem esperava um jogão por parte do Flamengo terminou vendo o Leão criar as melhores chances de gol. Destaque no Mengão só mesmo o goleiro Paulo Vitor, que fez grandes defesas e impediu o time carioca de levar uma goleada logo no primeiro tempo. Ronaldinho estava apagado em campo, e Vágner Love também não fez um bom jogo, apesar do gol. Os dois foram bem marcados por Edcarlos e Bruno Aguiar. A postura do time de Joel Santana só mudou com a entrada de Deivid, que tornou o time bem mais ofensivo na etapa complementar.

Na próxima rodada, o Sport tem o desafio de encarar o Santos na Vila Belmiro, no domingo, já sob o comando do novo técnico, Vágner Mancini. Já o Flamengo enfrenta o Internacional no Engenhão, no próximo sábado. 

No primeiro tempo de jogo, o Sport poderia, sem exagero, ter goleado o rubro-negro carioca. Foram pelo menos cinco boas chances de gol, contra apenas uma do time carioca. Os rubro-negros só não abriram o placar por causa da boa atuação do goleiro Paulo Vitor, sempre seguro e bem postado. Logo no começo da partida, os pernambucanos tiveram um gol invalidado. Após tabela de Felipe Azevedo e Thiaguinho, este último tocou na saída do goleiro, mas a arbitragem marcou impedimento.

O Sport teve a primeira grande chance aos 26 minutos, quando Moacir tocou pra Marquinhos Gabriel, que chutou forte. Paulo Vitor mandou a bola pra fora. Na cobrança do escanteio, Edcarlos cabeceou para baixo e também esbarrou no goleiro. Quatro minutos depois, o Sport saiu no contra-ataque. Thiaguinho chutou cruzado e rasteiro, para nova defesa de Paulo Vitor.

Aos 36 minutos, boa chance após escanteio cobrado por Edcarlos. Paulo Vitor tirou de soco. Em seguida Moacir passou pra Marquinhos Gabriel, que entrou na área carioca e bateu com a perna esquerda, mas Paulo Vitor mandou pra escanteio.
A melhor chance do Flamengo foi aos 42 minutos, quando Kléberson arriscou de fora da área, mas Magrão fez uma ótima defesa. Em seguida, Ronaldinho tocou para Kléberson dentro da área, mas Magrão segurou.

No intervalo, Joel Santana colocou Amaral no lugar de Rômulo, enquanto Gustavo Bueno manteve o mesmo time. Depois de tanto insistir, os rubro-negros abriram o placar aos 12 minutos. Moacir chutou cruzado, mas a bola bateu na zaga. Marquinhos Gabriel aproveitou o rebote e deu um bonito chute no ângulo, sem chance de defesa para Paulo Vitor, que só ficou olhando. Após o gol, o técnico Gustavo Bueno colocou Renê no lugar de Thiaguinho, e Diogo Oliveira no lugar de Naldinho (machucado). Mas o time melhorou mesmo foi com a  entrada de Deivid no lugar de Bottinelli.

Vágner Love ainda teve uma boa chance cara a cara com Magrão, mas terminou chutando por cima da barra. O Flamengo começou a pressionar cada vez mais e conseguiu igualar o placar aos 27 minutos. Kléberson aproveitou os espaços entre os zagueiros leoninos e mandou para Vágner Love, que tocou na saída de Magrão e garantiu o 1x1. Os cariocas passaram a ter mais posse de bola, mas o Sport continuou tendo as melhores oportunidades de gol. Após jogada de Renê, Moacir chutou, a bola desviou na zaga e bateu no travessão. 

Muitos rubro-negros devem ter ficado decepcionados por não conseguirem a vitória num jogo em que dominaram o Flamengo, mas, sem dúvida, a torcida ficou satisfeita com o futebol jogado pelos rubro-negros.  

Ficha do jogo:
Sport: Magrão; Bruno Aguiar, Tobi e Edcarlos; Moacir, Rithely, Naldinho (Diogo Oliveira), Thiaguinho (Renê) e Rivaldo; Felipe Azevedo (Ruan) e Marquinhos Gabriel. Técnico: Gustavo Bueno (interino).

Flamengo: Paulo Victor; Léo Moura, Marcos González, Welinton e Magal; Rômulo (Amaral), Luiz Antônio, Kléberson e Bottinelli (Deivid); Ronaldinho Gaúcho e Vágner Love. Técnico: Joel Santana.

Gols: Marquinhos Gabriel (Sport) e Vágner Love (Flamengo) 

Cartões amarelos: Edcarlos, Naldinho (Sport), Bottinelli e Wellington (Flamengo)

Local: Ilha do Retiro.

Arbitragem: Paulo César Oliveira (Fifa/SP), Marcelo Van Gasse (Fifa/SP) e Vicente Romano Neto (SP).

Público: 28.626

Renda: R$ 606.770

Náutico sofre gol no fim e perde de 2x1 para o Figueirense

Foto: Antônio C. Mafalda/ Futura Press

Blog do Torcedor


Apesar da competência na parte defensiva, o Náutico não conseguiu segurar o Figueirense e perdeu por 2x1 no estádio Orlando Scapelli, em Florianópolis, na estreia da Série A do Campeonato Brasileiro. O Timbu segurou o empate até os últimos minutos, mas sofreu o gol da derrota aos 49 do segundo tempo com Caio. Fernandes abriu o placar para os catarinenses, enquanto Araújo anotou para o Náutico.
Além de lamentar o gol no fim da partida, o Timbu também deve estar frustrado com o desperdício no ataque. O Náutico chegou a ficar perto de abrir o placar em pelo menos dois lances da partida. No entanto, as falhas de finalização impediram que um resultado melhor surgisse. Resta agora pensar no Cruzeiro, próximo adversário. O jogo será no sábado, 26, nos Aflitos.
Leia mais:
>  Gallo lamenta o gol no fim, mas elogia postura do Náutico

O JOGO - O Náutico foi para Florianopólis encarar o Figueirense com um objetivo em mente, se defender e apostar nos contra-ataques para sair vencedor. Armando com uma linha de quatro defensores natos e três volantes, o Timbu fechou a porta para os donos da casa e impediu principalmente a penetração pelo meio da área.

O Figueirense até detinha mais posse de bola e tomava a iniciativa da partida. No entanto, faltava mais velocidade contra um time bastante compacto em campo. O alvinegro catarinense pouco exigiu de Gideão na primeira etapa.

Para a tática do Náutico funcionar de maneira perfeita, faltaram apenas as jogadas de contra-ataque. Cleverson e Ramón até tentaram puxar alguns lances de contragolpe, mas faltaram mais peças para dialogar com eles lá na frente. Araújo ficou isolado e acabou sendo pouco acionado durante o primeiro tempo. Se por um lado o Figueirense não conseguia agredir, do outro o Timbu pouco conseguia criar. O jogo ficou de toques sem sucesso e desarmes de um lado para o outro.

Com as defesas bem postadas, restou as duas equipes arriscar chutes de fora da área. O primeiro a tentar foi Auremir aos 34. O lateral dominou a bola pela direita e soltou um belo chute assustando o goleiro Wilson. O Figueirense responderia logo em seguida com Roni aos 38. O avançado recebeu bola no meio e arriscou o chute. A bola, no entanto, foi para fora.

Como os dois times não tiveram sucesso no ataque, o placar de 0x0 acabou por ser justo no fim do primeiro.

SEGUNDO TEMPO - A etapa complementar começou com duas boas chances para ambos os lados. Com menos de um minuto, Araújo desceu pelo meio cara a cara com o goleiro Wilson, mas chutou para fora desperdiçando a melhor oportunidade da partida até então. Em seguida, aos 3, Túlio recebeu bola na esquerda de área e chutou forte assustando Gideão.

O que parecia ser um segundo tempo diferente do primeiro, contudo, acabou não se confirmando. O Náutico continuou fechadinho atrás causando muitas dificuldades de criação ao Figueirense que sem alternativas de jogo, passou a arriscar de fora da área sem muito sucesso.

Araújo ainda teve mais duas boas chances para o Náutico. Na melhor delas, em rápido contra-ataque, o avançado alvirrubro ficou outra vez cara a cara com Wilson. A conclusão, porém, foi equivocada.

O castigo do desperdício alvirrubro viria pouco tempo depois. Aos 30, Fernandes dominou a bola na entrada da área e chutou no cantinho sem chances para Gideão. 1x0 Figueirense.

Visto como vilão, Araújo conseguiu se redimir pouco tempo depois em cobrança de pênalti assinalado pelo árbitro Arílson da Anunciação, aos 34. O atacante Timbu cobrou com perfeição e empatou a partida.

Nos minutos finais, a situação do Náutico ficou delicada. O zagueiro Márcio Rosário recebeu o segundo amarelo e foi expulso da partida. Com um jogador a mais, o Figueirense pressionou até o último minuto de partida. Tanta inistência deu resultado aos 49. Após bola cruzada na área, Caio tentou uma bicicleta que foi defendida por Gideão, no rebote, porém, o meia não perdoou e mandou para o fundo das redes. O gol no apagar das luzes foi o último lance da partida.
Ficha da partida - Figueirense 2x1 Náutico

Figueirense: Wilson; Pablo (Coutinho), Canuto, Sandro e Guilherme; Igor, Caio, Túlio e Luiz Fernando (Fernandes); Roni e Toró (William). Técnico: Argel

Náutico: Gideão; Auremir, Cesinha, Ronaldo Alves e Márcio Rosário; Elicarlos, Souza (Glaydson), Derley, Cleverson (Lúcio) e Ramón(Ramirez); Araújo. Técnico: Alexandre Gallo.

Competição: Campeonato Brasileiro - Série A. Local: Orlando Scarpelli, Florianópolis. Árbitro: Arilson da Anunciação (BA). Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Adson Lopes Leal (BA). Gols: Fernandes(Figueirense) aos 30 do segundo tempo, Araújo (Náutico) aos 34 e Caio aos 49. Amarelos: Caio, Canuto e Sandro para o Figueirense; Souza e Márcio Rosário para o Náutico. Vermelho: Márcio Rosário.