sexta-feira, 29 de junho de 2012

GEDÉCIO É O VICE NA CHAPA DE ZÉ DA LUZ

Blog de Roberto Almeida


O ex-vereador Gedécio Barros, presidente do PR em Garanhuns, será o candidato a vice-prefeito de Zé da Luz, que disputa a eleição municipal pelo PHS. O acordo entre os dois políticos foi fechado agora há pouco e a chapa foi anunciada em primeira mão pelo ex-prefeito de Caetés. 

A convenção para homologar as candidaturas será realizada no próximo domingo, dia 30, no distrito de São Pedro. Conforme o blog divulgou, Gedécio estava para apoiar Silvino Andrade (PSDB), desde que o seu partido indicasse o vice do tucano. Como essa aliança não se consumou, é de se presumir que o ex-prefeito de Garanhuns não tenha cedido este cargo e o republicano preferiu ficar com Zé da Luz. 

Pesou também nesta decisão o aval do deputado federal Inocêncio Oliveira, que antes conversou com o governador Eduardo Campos. Como o socialista sinalizou positivamente PR e PHS deram às mãos. Além do Partido Republicano, o Partido Humanista terá em seu palanque o PT do B, que tem em seus quadros o ex-vereador Joacir Laurindo. (Na foto, da campanha de 2010, Zé da Luz entre Ana Arraes e Givaldo Calado).

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Corinthians empata em 1 a 1 com Boca na Bombonera

NE10


Em mais um duelo com "cara" de Libertadores, o Corinthians buscou um suado empate com o Boca Juniors, por 1 a 1, na noite desta quarta-feira (27), no tradicional Estádio La Bombonera, em Buenos Aires, no primeiro jogo da decisão. Romarinho, destaque no clássico de domingo, voltou a ser o herói corintiano ao marcar aos 39 do segundo tempo, 11 minutos depois do gol de Roncaglia.

O gol argentino, depois de forte pressão dos anfitriões, chegou a assustar os brasileiros. Mas o empate no fim, fora de casa, deu novo fôlego aos corintianos, que saíram de campo com a sensação de dever cumprido.

Com o resultado, que manteve a invencibilidade do Corinthians na competição, a final se manteve indefinida. Um empate no jogo da volta, no Pacaembu, na próxima quarta, levará o confronto para a prorrogação, que poderá ser seguida de pênaltis. Pelo regulamento, gols marcados fora de casa não contam como critério de desempate na decisão da Libertadores.

O JOGO - 
Boca Juniors e Corinthians fizeram um primeiro tempo de poucas emoções, raros momentos de perigo e muita disputa no meio-campo. Mais cauteloso, o time brasileiro adotou a estratégia de avançar somente nos contra-ataques, como era esperado. Mas passou a se soltar a partir da metade da etapa inicial.

No entanto, quem começou no comando do jogo foram os anfitriões. Logo no primeiro minuto, Riquelme levantou na área e Schiavi cabeceou com perigo, por cima do travessão. A resposta do Corinthians veio aos 7. Paulinho acertou um belo chute, de longe e deu trabalho para o goleiro Orión, que espalmou para fora.

Mas os dois bons lances no início não foram representativos do restante da primeira etapa. Cada vez mais truncado no meio-campo o jogo tinha o domínio dos argentinos, que não conseguiam gerar pressão sobre a sólida defesa corintiana. Ralf chegou a falhar no fim, mas o Boca não aproveitou. Em outro lance, aos 34, Santiago Silva acertou bela bicicleta, que parou em Alessandro na pequena área.

Confiante na defesa, o Corinthians passou a se arriscar no ataque. Em duas jogadas de perigo, quase surpreendeu com infiltrações de Danilo e Alex, neutralizadas pela atenta zaga rival. As tentativas acabaram se restringindo a chutes de longa distância de Danilo, aos 30, e Chicão, em cobrança de falta, aos 41. A essa altura, Liedson já substituía Jorge Henrique, com dores na coxa.

O bom ritmo do Corinthians, contudo, foi cortado logo no início do segundo tempo. O Boca voltou melhor do intervalo e parecia determinado a definir a partida nos primeiros minutos da etapa. Aos 4, a bola sobrou para Riquelme encher o pé da entrada da área, para fora. O meia ainda encaixou outra finalização, aos 9, sem maior perigo.

Aos 16, o capitão Riquelme voltou a ameaçar a defesa brasileira, em rápida tabela com Mouche dentro da área. O atacante, porém, bateu fraco e desperdiçou grande oportunidade. De tanto insistir o Boca chegou ao gol aos 28 minutos.

Após cobrança de escanteio, Santiago cabeceou e Chicão desviou com a mão em cima da linha. A bola, então, carimbou a trave e rebateu em direção de Roncaglia, que não perdoou e mandou para as redes. Apesar do toque de mão, Chicão foi poupado pelo árbitro e recebeu apenas o cartão amarelo.

Assustado, o Corinthians viveu minutos tensos até se reequilibrar na partida. Mas, após neutralizar o ímpeto argentino, deu alívio à torcida ao buscar o empate, aos 39. Destaque do time na vitória sobre o Palmeiras, no domingo, Romarinho voltou a brilhar ao receber grande passe de Emerson e bater na saída de Orión: 1 a 1.

Cada vez mais emocionante, o primeiro jogo da final ainda reservou um susto aos corintianos aos 45 minutos. Após cruzamento de Santiago Silva, Viatri acertou a cabeça e mandou no travessão. No rebote, Cvitanich não conseguiu aproveitar o rebote, no último lance de perigo do jogo.

Antes do segundo jogo da decisão, o Corinthians vai descansar no fim de semana. A partida contra o Botafogo, pela 7ª rodada do Brasileirão, foi adiada para o dia 11, no Pacaembu. Antes disso, o time enfrentará o Sport no dia 8, em Recife.
Fonte: AFP

Jorge Ben Jor substitui Ney Matogrosso no encerramento do FIG


Do NE10
A programação do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) já conta com algumas alterações na sua grade de atrações. O evento, que acontece de 12 a 21 de julho, não terá mais o cantor Ney Matogrosso na festa de encerramento. De acordo com a produção de Ney, o artista cancelou a participação dele no evento alegando problemas pessoais. No lugar do cantor, o público poderá assistir ao show do cantor Jorge Ben Jor, no sábado (21/7), às 23h30, no Palco Guadalajara.

A Secretaria de Cultura e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) também informa que mais duas mudanças aconteceram na programação do Palco Pop, localizado no Parque Euclides Dourado. As bandas 5 a Seco e Funk Como Le Gusta cancelaram seus shows e no lugar delas foram escaladas a Delicatessen (RS), que se apresenta na quarta-feira (18/7), e a Cérebro Eletrônico (SP), que faz show na sexta-feira (20/7).
Veja como ficou a programação:
PALCO GUADALAJARA


12 de julho

20h30 – Mourinha do Forró

21h30 – Família Gonzaga

22h30 – Elba Ramalho

23h30 – Dominguinhos

00h30 – Projeto Viva Gonzagão

 

13 de julho

20h30 – Escravo

21h30 – Deolinda

22h30 – Bixiga 70

23h30 – Zélia Duncan

00h30 – Zizi Possi

 
14 de julho

20h30 – Hercinho

21h30  – Orquestra Popular  da  Bomba  do Hemetério

22h30 – Academia da Berlinda

23h30 – Roberta Miranda

00h30 – Alcione


15 de julho

20h30 – La Pietá

21h30 – Neli Lisboa

22h30 – Siba

23h30 – Lira

00h30 – Jorge Vercillo

 
16 de julho

20h30 – Lucas Notaro e os Corajosos

21h30 – Di Melo e Madeira de Lay

22h30 – Mombojó

23h30 – China

00h30 – Roberta Sá

 
17 de julho

20h30 – Rogério os Cabra

21h30 – Maciel Salu

22h30 – Hebert Lucena

23h30 – Lula Queiroga

00h30  – Renato  Teixeira,  Xangai e Maciel Melo

 
18 de julho

20h30 – Karla Rafaella

21h30 – Gerlane Lops

22h30 – Karynna Spinelli

23h30 – Péricles

00h30 – Fundo de Quintal

 
19 de julho

20h30 – Banda Flash

21h30 – Volver

22h30 – Ortinho

23h30 – Reginaldo Rossi

00h30 – Erasmo Carlos

 
20 de julho

20h30 – Lux Time

21h30 – Antúlio Madureira

22h30 – Marcelo Jeneci

23h30 – Lenine

00h30 – Milton Nascimento

 
21 de julho

20h30 – Andréa Amorim

21h30–   N' Zambi, Buguinha   Dub  e convidados

22h30 – Edgard Scandurra

23h30 – Jorge Ben Jor

00h30 – Lulu Santos

 
PALCO POP

 
13 de julho

18h – Dead Lover´s Twister Heart

19h – Babi Jaques e Os Sicilianos

20h – Daniel Beleza

21h – Dr. Sin


14 de julho

18h – Sonic Júnior

19h – Lucas Santana

20h – Silvério Pessoa

21h – O Pirata (Marco Polo)


15 de julho

18h – Still Living

19h – Sérgio Cassiano

20h – Ska Maria Pastora

21h – Anelis Assumpção

 
16 de julho

18h – A Nata

19h – Maquinado

20h – Arraial da Pavulagem

21h – Sambê

 
17 de julho

18h – Catarina Dee Jah

19h – Tiê

20h – Caçapa

21h – Junio Barreto

 
18 de julho

18h – Zé Manoel

19h – Márcia Castro

20h – Alessandra  Leão

21h – Delicatessen

19 de julho

18h – Terreiro Cibernético

19h – Curumin

20h – Renata Rosa

21h – Felipe Cordeiro

 
20 de julho

18h – PE 5

19h- Ylana Queiroga

20h – La Viajerita

21h – Cérebro Eletrônico 

 
21 de julho

18h – Daniel Peixoto

19h – Rimocrata

20h – Tibério Azul

21h – Cascabulho

 
PALCO FORRÓ

 
13 de julho

0h – Zezinho de Garanhuns

00h40 – Família Gonzaga

01h40 – Quinteto Violado

02h40 – Genival Lacerda

 
14 de julho

0h – Dema do Forró

00h40 – Agostinho do Acordeon

01h40 – Gena de Altinho

02h40 – Oswaldinho

 
15 de julho

0h – Forró Pesado

00h40 – Valdir Santos

01h40 – Ferrugem e Pandeiro do Mestre

 
16 de julho

0h – Ronaldo César e a Tropicana

00h40 – Josildo Sá

01h40 – Mazinho de Arcoverde

02h40 – Azulão

 
17 de julho

0h – Nando Azevedo

00h40 – Joãozinho de Exu

01h40 – Clã Brasil

02h40 – Liv Morais

 
18 de julho

0h – Djair Banda

00h40 – João Silva

01h40 – Trio Nordestino

02h40 – Cristina Amaral

 
19 de julho

0h – Carlos Magano

00h40 – Luciano Magno

01h40 – Beto Hortis

02h40 – Fim de Feira

 
20 de julho

0h – Fogo de Menina

00h40 – Orquestra Forrobodó

01h40 – Petrúcio Amorim

02h40 – Anastácia

 
21 de julho

0h – Genaro

00h40 – Flávio Leandro

01h40 – Waldonys

02h40 – Danilo Pernambucano

 
PALCO INSTRUMENTAL


13 de julho

17h – Roberto Lima

18h – Camerata Brasilis

19h – Sérgio Ferraz

20h– The Raulis

 
14 de julho

17h – Marcos Cabral

18h – Trio Baru

19h – Saracotia

20h – Moda de Rock

 
15 de julho

17h – Fahrenreit

18h – Cacau Arcoverde

19h – Benjamim Taubkin (Trio +1)

20h – Antônio Loureiro

 
16 de julho

17h – Orlito Blues Jazz Band

18h – Marcelo Monteiro

19h – Jorginho Neto

20h – Alex Madureira


17 de julho

17h – Duo Bass

18h – Adelmo Arcoverde

19h – Antônio de Pádua

20h – Camarones  Orquestra Guitarrística

 
18 de julho

17h – Gaimálgama

18h – Rivotril

19h – Chimpanzé Clube Trio

20h – Jaguaribe Carne

 
19 de julho

17h – O Sam3a

18h – Baobá Stereo Clube

19h – Anjo Gabriel

20h – Sguep Trio

 
20 de julho

17h – Kleber Blues Band

18h – Henrique Annes

19h – Ademir Araújo e Orquestra

20h – Trio 363

 
21 de julho

17h – Claudio Lins

18h – Camerata Brasileira

19h – Luiz Brasil e Banda

20h – Roger Canal

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Bispo flagrado com amiga em resort entrega diocese na Argentina

NE10


O bispo Fernando Bargalló, fotografado com uma "amiga" em um luxuoso resort mexicano há alguns dias, renunciou à diocese de Merlo-Moreno, na Argentina, informou nesta segunda-feira (25) uma fonte eclesiástica.

"Estamos em condições de confirmar a renúncia de monsenhor Bargalló. Fez uma reunião com os sacerdotes da diocese e renunciou", disse a fonte, que pediu para não ser identificada.

Monsenhor Bargalló, 57 anos, que preside a Cáritas na América Latina, organismo de ajuda aos mais pobres, foi flagrado na praia do resort mexicano com a "amiga", ambos em traje de banho, em cenas de certa intimidade.

A fonte destacou nesta segunda-feira que "monsenhor Bargalló nunca manejou dinheiro da Cáritas, o que era feito por administradores leigos" da organização.

"Não sabemos se a relação (entre o bispo e a mulher) prossegue", disse a fonte.

Apenas o fato de o bispo se hospedar em um hotel cinco estrelas quando promove uma campanha de doações para caridade foi suficiente para abalar a Igreja argentina.

Bargalló, à frente da diocese de Merlo-Moreno desde 1997, era cotado para substituir Jorge Bergoglio como arcebispo de Buenos Aires.

"As fotos publicadas são de um encontro ocasional no México, há dois anos, com uma amiga de infância (...) e com outras pessoas que não aparecem (nas fotografias) e com as quais sempre tive fortes vínculos".

A imprensa argentina identificou a "amiga" de Bargalló como Mariví Martínez Bo, 56 anos, uma empresária gastronômica divorciada.

Os católicos da América Latina têm sido expostos a diversos casos de bispos forçados a admitir sua paternidade diante da Justiça, a exemplo do ex-presidente do Paraguai Fernando Lugo, o que abriu uma discussão sobre a validade do celibato, mas o compromisso com os pobres sempre esteve fora do debate.
Fonte: AFP

Programação do Festival de Inverno


segunda-feira, 25 de junho de 2012

Mancini tenta explicar improvisos no Sport e se desentende com a imprensa

Blog do Torcedor


Após a derrota do Sport, por 2x0, diante do Inter-RS, o técnico Vágner Mancini tentou explicar os motivos que fizeram o seu time não render um bom futebol e ser engolido pelo adversário. O comandante reconheceu a superioridade tática do Colorado. Mas a entrevista que poderia ter sido tranquila, acabou tendo um desentendimento entre Mancini e um repórter.
Mancini foi questionado sobre algumas improvisações que vem fazendo na equipe. Como por exemplo, a manuntenção de Rivaldo na lateral-esquerda, a escalação de Reinaldo na meia, assim como o estreante Henrique. "Queria ter mais um lateral, não tenho. Mais um atacante, mas não tenho. Reinaldo já jogou na meia, o Rivaldo sempre jogou na lateral. Ninguém está inventando nada", disse. E, se dirigindo aos repórteres, mandou: "Se alguém tiver uma solução, eu quero saber. Não dá para inventar. E ninguém tem varinha mágica". O treinador rubro-negro já demonstrava uma certa irritação.
A imprensa persistiu no assunto. O repórter Matheus Sukar quis saber sobre a escalação de Thiaguinho na meia. A pergunta começou com uma observação sobre o atleta, que, segundo ele, começou a despontar no futebol brasileiro como lateral-direito. O treinador não deixou o complemento da pergunta: "Você está errado". Depois, disse: "Você está dando o esquema ideal para o Sport. A gente poderia até mudar de função. Eu não tenho a sua visão". E não respondeu a pergunta: "Se você me respeita, então deixa eu falar. Sua pergunta está respondida".
Sobre o jogo, o treinador declarou que conversou com os atletas para entrarem em campo com bastante intensidade diante do bom time do Inter-RS fato que não ocorreu. Mancini revelou que Tobi e Marquinhos Paraná tiveram liberdade para trocarem de posições. E que o time entrou em pane quando sofreu o primeiro gol no jogo. "Mudamos a nossa postura no segundo tempo, mas ficou longe do que já apresentamos na competição", declarou Mancini, reconhecendo a superioridade técnica do Inter-RS.
Mancini também falou sobre a necessidade de contratações dos reforços. Mas ponderou: "A diretoria está tentando fazer aquele que cabe. Mas não  existe jogadores no mercado à disposição. A dificuldade é de muitos clubes, não é só do Sport". 
 

sexta-feira, 22 de junho de 2012

JUIZ DE GARANHUNS ANULA VOTAÇÃO DA CÂMARA

Blog de Roberto Almeida

O juiz Glacidelson Antônio da Silva, da Vara da Fazenda, em Garanhuns, atendeu uma ação do Ministério Público e anulou a votação da Câmara dos Vereadores do dia cinco deste mês que aprovou as contas do ex-prefeito Silvino Duarte. O magistrado entendeu que a primeira votação, que rejeitou as mesmas contas, não foi irregular, daí não aprovar a realização da nova reunião. Com a decisão, o pré-candidato tucano volta a ficar inelegível. Seus assessores, no entanto, anunciaram a intenção de recorrer ao Tribunal de Justiça do Estado. Garantem que o representante do PSDB será candidato, mesmo sub judice. 

O vereador Gersinho Filho (foto),  que juntamente com Ary Júnior votou contra a prestação de contas de Silvino, comemorou a decisão do juiz. Ele argumenta não ter nada contra o governante, mas defendeu a necessidade de se fazer a coisa certa. "A justiça prevaleceu", afirmou.

Carta anônimCarta anônima indica local dos restos mortais de Eliza, diz advogadoa indica local dos restos mortais de Eliza, diz advogado





G1



O advogado José Arteiro Cavalcante, que representa a mãe de Eliza Samudio no processo sobre o desaparecimento e morte da modelo, disse ter em mãos uma carta anônima indicando o local onde estariam os restos mortais da ex-namorada do goleiro Bruno. De acordo com o defensor, a carta foi recebida por Sônia Samudio nessa quarta-feira (20) em Belo Horizonte, onde ela participou de um programa de televisão. No texto, a pessoa que não quis se identificar disse ter tido um sonho sobre a localização do corpo de Eliza Samudio.
Carta anônima sobre corpo de Eliza Samudio (Foto: Divulgação)Carta anônima sobre corpo de Eliza Samudio (Foto: Divulgação)


Na carta à qual o G1 teve acesso, a pessoa relata um
 sonho que teve sobre a localização do corpo de Eliza Samudio. Leia trechos da carta:
"O ano passado eu também tive um sonho com o lugar onde a elisa havia sido jogada. Sonhei com o nome da rua e número, havia até uma passagem secreta que dava acesso ao poço onde ela foi jogada".
"No sonho eu vi uma rua sem saída onde há um convento de padres, sendo o poço propriedade dos padres e fica no meio de uma reserva florestal que é também propriedade desses padres. No meu sonho antes de chegar a esse local, eu passei primeiro por um colégio de nome Santa Maria, e poucos metros depois fica o convento, a reserva florestal e o poço grande e profundo. Para chegar a esse poço há uma passagem secreta com fios de arame farpado ao lado da floresta próximo ao convento".
A Província Carmelitana, que existe na rua indicada na carta, no bairro Planalto, Região Norte de Belo Horizonte, confirmou a existência de um poço no terreno. Segundo um dos alunos, o terreno não é cercado, e o poço pode ser acessado por uma mata que existe ao lado.
O advogado José Arteiro disse ainda que já havia recebido informação semelhante e, que agora, vai recorrer à polícia. Na tarde desta quinta-feira (21), a assessoria da Polícia Civil informou que o delegado Wagner Pinto, chefe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ainda não teve acesso à carta.

A polícia já realizou inúmeras buscas pelo corpo de Eliza, desde o desaparecimento em junho de 2010. O sítio do goleiro Bruno, em Esmeraldas, foi vasculhado à procura de vestígios, assim  como a casa do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como Bola, em Vespasiano. Durante a investigação do caso, houve também buscas em lagoas em Belo Horizonte e na Região Metropolitana.


Oito pessoas são réus no processo que apura o desaparecimento e morte de Eliza. Ela teve um relacionamento com o goleiro Bruno Fernandes e tentava o reconhecimento da paternidade de um filho. Para a Polícia Civil, a modelo foi morta a mando de Bruno.

Relembre o caso

O goleiro Bruno Fernandes e mais sete réus vão a júri popular no processo sobre o desaparecimento e morte de Eliza Samudio, ex-namorada do jogador. Para a polícia, Eliza foi morta em junho de 2010 na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e o corpo nunca foi encontrado.
Após um relacionamento com o goleiro Bruno, Eliza deu à luz um menino em fevereiro de 2010. Ela alegava que o atleta era o pai da criança. Atualmente, o menino mora com a mãe da jovem, em Mato Grosso do Sul.
O goleiro, o amigo Luiz Henrique Romão e o primo Sérgio Rosa Sales vão a júri popular por sequestro e cárcere privado, homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. Sérgio responde ao processo em liberdade. O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos também está preso e vai responder no júri popular por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver.
Dayanne Rodrigues, ex-mulher do goleiro; Wemerson Marques, amigo do jogador, e Elenílson Vítor Silva, caseiro do sítio em Esmeraldas, respondem pelo sequestro e cárcere privado do filho de Eliza. Já Fernanda Gomes de Castro, outra ex-namorada do jogador, responde por sequestro e cárcere privado de Eliza e do filho dela. Eles foram soltos em dezembro de 2010 e respondem ao processo em liberdade. Flávio Caetano Araújo, que chegou a ser indiciado, foi inocentado.
Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), não há previsão de data para o julgamento do caso Eliza Samudio.
 Ao ser publicado, este texto não trazia a informação de que o teor da carta era baseado em um sonho. Essa informação foi incluída às 18h48. 

Boca se impõe em Santiago, elimina La U e encara o Corinthians na final

G1


A tradição prevaleceu novamente. Pela décima vez em sua história, igualando a marca recorde do Peñarol (URU), o Boca Juniors (ARG) está na decisão da Taça Libertadores da América e será adversário do Corinthians, que debutará na final da competição. Depois de vencer por 2 a 0 em Buenos Aires, o clube argentino visitou o Universidad de Chile (CHI), nesta quinta-feira, no Estádio Nacional de Santiago, e segurou o empate por 0 a 0, resultado suficiente para a garantia de uma vaga na finalíssima.

Os dois jogos diante do Timão serão disputados nas próximas quartas-feiras. No dia 27, os clubes se enfrentam em La Bombonera, na Argentina. No dia 4 de julho, o Boca vem a São Paulo encarar o Corinthians no Pacaembu.

A necessidade de inverter a desvantagem de, no mínimo, dois gols fez com que o Universidad de Chile entrasse para o confronto bem distante da sua tranquilidade habitual. Característica marcante do time chileno, o toque de bola mal foi visto na etapa inicial. Isso pesou para o rendimento da equipe treinada por Jorge Sampaoli, que teve desempenho muito aquém do que vinha apresentando desde a temporada passada, quando foi campeã da Copa Sul-Americana.

Numa estratégia inteligente, a calejada equipe do Boca Juniors bloqueou bem as jogadas pelas laterais e explorou os contra-ataques, principalmente com os precisos lançamentos de Riquelme. Soberano em campo, o camisa 10 distribuia passes na medida para os atacantes Mouche e Santiago Silva, que revezavam na incrível tarefa de perder gols. Em um desses toques de classe, Riquelme iniciou a jogada e apareceu para concluir. Porém, o craque foi barrado pela lnda defesa de Herrera, que espalmou antes de a bola explodir no travessão.
Resignado com o domínio argentino, o Universidad de Chile só conseguiu assustar nos 45 minutos iniciais da maneira em que menos se esperava: a jogada aérea. Em um lance isolado, Rodríguez lançou pelo alto e Junior Fernandes subiu mais do que Schiavi para obrigar Orion a uma espetacular intervenção.
Riquelme e José Rojas, Universidad de Chile x Boca Juniors (Foto: Agência AFP)Riquelme ditou o ritmo do Boca Juniors, outra vez finalista da Libertadores (Foto: Agência AFP)
Mudança de postura chilena

Para o tempo complementar, Sampaoli voltou com Ubilla na vaga de Castro. No entanto, a principal mudança do Universidad de Chile foi a postura da equipe. Mais ligada, La U buscou o gol desde o início. Logo no segundo minuto, Marino teve boa chance frente a frente com o arqueiro adversário, mas finalizou sem força. Instantes depois, Díaz acertou o travessão em cobrança de falta.

Enquanto isso, o Boca Juniors mantinha os contra-ataques como forma de atuar. Entretanto, numa clara falta de pontaria, Mouche desperdiçava uma chance atrás da outra. Assim sendo, a partida tornou-se um legítimo "toma lá, dá cá". Substituindo a técnica pela raça, a equipe chilena voltou a assustar em chute de longe de Díaz. Orión segurou as pontas outra vez.

Na reta final do duelo, a pressão chilena se transformou em afobação. Nem mesmo as duas alterações restantes surtiram efeito. Com esse panorama favorável, o Boca fazia bom uso da experiência de seus principais jogadores e deixava o tempo passar, com sabedoria.

Os chilenos ainda voltaram a acertar a trave com Ruidiáz, em mais uma evidência de que a noite era auriazul. O Boca comprovou a sua fama de time de chegada e fez por merecer o lugar na grande final. Será um excelente desafio para o Corinthians, que também tem uma equipe equilibrada e vencedora, mas que ainda segue atrás da afirmação continental.

Nos passos do Independiente

Com a classificação para a decisão e seis conquistas, o Boca Juniors terá a primeira oportunidade de se igualar ao Independiente, também da Argentina, que tem sete, e é o maior vencedor. O Universidad de Chile viu ruir o sonho de repetir o feito do rival Colo Colo, que em 1991 faturou a principal competição sul-americana pela única vez na história do futebol chileno. O Corinthians, por sua vez, garante um representante brasileiro na decisão pela oitava vez seguida, um fato inédito.

Carta aos partidos da Frente Popular oficializa o nome de Geraldo Júlio na disputa pelo PSB no Recife

BLOG DE JAMILDO


Veja a carta enviada nesta quinta-feira (22) pelos dirigentes do PSB aos presidentes dos partidos que compõem a Frente Popular.

Segundo apurou o Blog de Jamildo, a decisão de escrever a carta coube aos próprios quatro secretários escalados para a disputa, pelo governador Eduardo Campos. O objetivo seria evitar fofocas e mostrar que estão unidos, no mesmo projeto.

Na sequência, agora, os presidentes dos 18 partidos da Frente Popular irão se reunir com o governador Eduardo Campos, nesta sexta-feira, ou no sábado de manhã, antes de sua viagem aos Estados Unidos, para avaliar a situação da Frente Popular e bater o martelo.
"Recife, 20 de junho de 2012

Senhor Presidente:

Diante do iminente risco de fragmentação da Frente Popular do Recife, e da responsabilidade que temos, todos nós, de garantir a integridade desta força política que há muitos anos assegura vitórias expressivas ao povo recifense e pernambucano, o PSB iniciou entendimentos com os partidos aliados com o propósito de manter a unidade da Frente e fazer avançar um projeto político e administrativo inovador para nossa cidade.

Deste processo de consultas resultou a decisão de apresentar à consideração dos partidos aliados o nome do administrador público Geraldo Júlio de Mello Filho, ex-secretário estadual de Planejamento e Gestão e ex-secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, para representar a Frente Popular do Recife nas eleições para prefeito da capital pernambucana no próximo mês de outubro. 

Servidor concursado do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, Geraldo Júlio tem capacidade de planejar e de realizar, como demonstrou ao coordenar, entre outros programas, o Pacto pela Vida, o modelo de gestão do Governo do Estado e a política de atração de grandes empreendimentos para Pernambuco.

Temos a convicção de que a candidatura de Geraldo Júlio, representando a Frente Popular do Recife, assegurará a vitória das forças populares que há mais de meio século têm operado mudanças fundamentais na vida dos brasileiros, dos pernambucanos e dos recifenses.

A experiência acumulada pela Frente Popular no Governo do Estado, que elevou Pernambuco a novo patamar de desenvolvimento, será aprofundada na Prefeitura da Cidade do Recife, em benefício da qualidade de vida de todos os segmentos sociais.

Construída e consolidada a partir da unidade do povo, pela qual o PSB historicamente sempre se empenhou, a unidade da Frente Popular do Recife será responsável pela vitória em outubro e pelo exercício de um governo comprometido com o crescimento econômico, a inclusão social e o respeito ao meio ambiente.

Por fim, manifestamos a Vossa Senhoria o reconhecimento do Partido Socialista Brasileiro à confiança manifestada em momento decisivo na história das forças políticas por nós representadas.

Com as nossas saudações, 

Danilo Cabral
Presidente do Diretório Municipal do Recife do PSB

Tadeu Alencar
Vice-Presidente do Diretório Estadual de Pernambuco do PSB

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Corintianos querem título para libertar torcida alvinegra

R7


Na noite desta quarta-feira (20), o Corinthians deu um passo inédito em sua história: classificou-se à final da Libertadores. Entre os jogadores, uma palavra define o que significaria um possível título para a torcida alvinegra, cansada das gozações dos rivais: libertação. Na saída do Pacaembu, o meia Alex, que já ganhou o mesmo torneio pelo Internacional, reforçou o ponto de vista.

— A partir do momento em que vier a Libertadores, eu defino como uma libertação para a torcida e para o clube. Melhora tudo, a autoestima, o clube como empresa, a confiança. Para isso, temos que fazer o que nos trouxe até aqui. Não podemos mudar agora.

O zagueiro Leandro Castán é um dos principais responsáveis por esse estilo de jogar citado por Alex. Afinal, vem de seu setor a principal força do Corinthians, que é o poder de se defender. Foram apenas três gols tomados em toda a competição. O camisa quatro do time do Parque São Jorge acha que o time precisa se impor.


— A gente carrega 102 anos de história sem nunca ter chegado a final. É muita pressão, muita coisa em jogo. Hoje vimos que estávamos respeitando demais o Santos no primeiro tempo e mudamos a postura no segundo.

O volante Paulinho afirmou que ainda vai demorar uns dias para cair a ficha de que esse grupo já foi mais longe do qualquer outro na principal competição sul-americana e maior sonho dos torcedores do Corinthians.
— Nós não temos a dimensão da coisa ainda, é difícil falar, vai ser melhor se conquistar a Libertadores.

Agora, o Corinthians só espera para ver quem será seu adversário na decisão. Universidad de Chile e Boca Juniors-ARG duelam nesta quinta (21) e o time argentino é favorito por ter vencido o primeiro jogo por 2 a 0, em casa.

Americano suspeito de agredir estuprador até a morte não é acusado

G1




Um tribunal do Texas, nos Estados Unidos, decidiu não acusar formalmente um pai que bateu até matar num homem que flagrou abusando da filha menor dele.

“Sob a lei, a morte é justificada para parar um ataque sexual”, disse o procurador do condado de Lavaca, Heather McMinn, segundo o “Yahoo News!” “Todas as evidências apresentadas pela polícia indicam que foi o que aconteceu quando o pai da vítima chegou ao local.”

A decisão lida pelo procurador diz ainda que “um substancial conjunto de evidências” ligam os relatos de testemunhas ao do que o pai contou ter ocorrido no dia do crime. Jesus Mora Flores foi agredido até a morte no último dia 9 em Shiner, Texas, após o pai, de 23 anos, ter flagrado o homem, de 47, em um pasto no rancho da família, em cima da filha dele de 5 anos com as calças abaixadas.


O Yahoo News não revela os nomes do pai para proteger a identidade da filha.

Uma testemunha que contou ter visto Flores, mexicano que trabalhava legalmente no rancho, “carregando à força” a menina para uma área isolada do rancho, alertou o pai. Ele seguiu os gritos da filha até o pasto, atacou Flores e lhe infringiu “diversos golpes na cabeça e pescoço”.

Após o ataque, o pai ligou para o serviço de emergência. “Eu preciso de uma ambulância”, disse ao atendente, de acordo com as gravações divulgadas pela polícia. “Esse cara estava estuprando minha filha e eu bati nele e não sei o que fazer. Esse cara está morrendo na minha mão e eu não sei o que fazer”, disse, gritando, na ligação de cinco minutos.

Equipes de emergência, assim como o avô e uma tia da menina, tentaram reavivar Flores, mas não conseguiram. O delegado do condado de Lavaca, Micah Harmon, disse que encontrou o pai chorando, dizendo que não tinha intenção de matar Flores.

“Ele é uma alma pacífica”, disse a advogada do pai, V’Anne Huser. “Ele não tinha intenção de matar ninguém naquele dia.”

O caso levantou um intenso debate nos EUA sobre se a morte foi justificada. Moradores de Shiner, com uma população de apenas 2 mil habitantes, apoiaram a atitude do pai.

“Eu acho que foi uma decisão certa”, disse Lamont Matthews. “Eu teria feito a mesma coisa.”

“O pai aguentou o bastante. A menina pode ficar traumatizada para sempre, e o pai, também, pelo que aconteceu. Ele estava protegendo a família dele. Qualquer pai teria feito o mesmo”, disse Gail Allen, outro morador, à agência de notícias Associated Press.

“É muito triste que um homem tenha morrido, mas acho que qualquer pessoa teria feito o mesmo”, pondera Michael James Veit.

“Em nossa opinião, essa história está encerrada”, disse a advogada do pai.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Grade do FIG será divulgada até 22 de junho

Blog do Eduardo Peixoto


    A programação completa do 22º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) será divulgada até o dia 22 de junho. A coordenação geral do evento trabalha na contratação dos artistas e na formatação de ações especiais que irão acontecer este ano, através de uma grade composta por convidados e nomes inscritos na convocatória do festival. 

Uma das novidades será a temática social do FIG, que tem como pilares a questão da Sustentabilidade, Acessibilidade e Empreendedorismo. Neste sentido, por exemplo, os vários polos do festival estarão identificados com uma decoração que ressalta, em cada um deles, as cores da reciclagem.

Serão mais de 20 polos de programação, espalhados pela cidade de Garanhuns, incluindo locais descentralizados (como a comunidade quilombola Castainho e comunidades da periferia que recebem shows, além de atrações do projeto Um Caminhão de Cultura), e contará com atividades das mais diferentes linguagens culturais, como música, cinema, literatura, artes visuais, fotografia, cultura popular, moda e design, artes plásticas, teatro, dança, circo, artesanato, patrimônio, além de ações de formação cultural. Com uma ação crescente ao longo dos anos, a literatura este ano terá um local de destaque no FIG, que será a Praça da Palavra.

O FIG será realizado entre os dias 12 e 21 de julho de 2012, pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura e da Fundarpe.

Hebe é operada às pressas para retirada da vesícula

NE10



A apresentadora Hebe Camargo teve de ser submetida a nova cirurgia de emergência na semana passada, dessa vez para a retirada da vesícula. Realizada no Hospital Albert Einstein, a operação foi conduzida pelo Dr. Antonio Luiz Vasconcelos Macedo, o mesmo que estava na fila de gargarejo do seu programa na RedeTV! em abril, quando ela voltou ao ar após ser submetida a outra cirurgia de emergência.

Hebe luta contra um câncer na região do intestino que surgiu há quase três anos, ainda nos tempos de SBT.

A gravação do programa de segunda-feira foi cancelada, sem que os convidados fossem avisados sobre o real motivo. A produção apenas informou que foi solicitada a liberação da sua agenda.
Fonte: Agência Estado

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Resultado para o conselho tutelar em Garanhuns

Blog do Ronaldo Cesar


Aconteceu neste domingo a eleição para o Conselho Tutelar de Garanhuns. São cinco vagas para um trabalho de três anos, com direito a uma reeleição. Este ano tivemos 10 inscritos, concorrendo, e com o diferencial de não existir mais as chapinhas, pois nas eleições anteriores a população votava em cinco nomes, geralmente numa chapa fechada. Agora não, a eleição foi individual, cada eleitor só podia votar em um candidato. Confira o resultado:

RESULTADO DA ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR:

1-PROFESSORA GENOVEVA
2-JOSICLEIDE
3-MORETSON ALBINO
4-FERNANDO LUNA
5-MICHELE MANDICI

1ª Suplente
6-ELIANE SILVA

Tássia Camargo sobre a Record: "Aquilo é uma ditadura de pastores"

A atriz Tássia Camargo detonou a Record em entrevista ao jornal "O Dia" desta sexta-feira (15). Ela afirmou que se decepcionou com a emissora de Edir Macedo.

"A minha maior decepção foi a Record. Não foi a novela, nem o autor. Foi achar que a emissora era outro campo de trabalho, que não é. Aquilo é uma ditadura de pastores, uma coisa horrorosa. Só fui para lá porque a Globo não ia me contratar e, nessa época, por coincidência me chamaram", disse ao jornal.

Tássia está afastada da TV desde 2007 quando rompeu contrato com a Record. Ela atualmente investe na carreira de teatro e diz que as pessoas só acham que você está trabalhando quando faz televisão: "Se você não faz novela e não tem Facebook, você não é ninguém", diz ela.

A atriz estreia nesta sexta o espetáculo "Se você me der a mão", no Teatro Gazeta, em São Paulo. A peça tem direção de Ernesto Piccolo.

Em Caruaru, Eduardo Campos diz que não tem nada mais legítimo do que uma candidatura própria do PSB no Recife

Blog de Jamildo


O governador Eduardo Campos deixou mais claro do que nunca a disposição de ir para o enfrentamento com o PT no Recife, nestas eleições, ao falar sobre a sucessão municipal, ao chegar no Engenho Macambira, em Caruaru, na festa de São João do vice-governador João Lyra Neto.
“Não foi o PSB que estressou essa relação. Da mesma forma que é legítimo colocar o PT na cabeça de chapa, é legítimo que o PSB coloque a cabeça de chapa. Porque não os nossos quatro nomes? Temos uma história de convergência e poderemos até o dia 30 buscar a unidade, tendo como norte o interesse do povo do Recife”
Frisando sempre que há, no plano nacional, uma aliança entre os dois partidos, o governador Eduardo Campos comentou que há várias formas de se escalar um time, numa alusão ao lançamento de mais de uma chapa da Frente Popular. Depois de sua chegada, o senador Humberto Costa falou que o PT iria para a disputa nem que fosse só.

“Eu sei como escalar os times e há várias formas”, ensinou. 

“Pode ser como em 2006, pode ser como em 2010”, enumerou.

Em 2006, na disputa pelo governo do Estado, ele e Humberto foram candidatos. Abatidos pelo escândalo dos vampiros, do qual depois foi inocentado, Humberto Costa caiu e apoiou Eduardo Campos, que acabou se elegendo. Em 2010, os dois partidos disputaram a eleição na mesma chapa.

“O debate que o PSB defenderá, de forma fraterna, com o PT, não é eleitoral, é político, dentro de outras perspectivas (não personalistas). Queremos o debate do Recife do futuro, não pela ótica dos partidos (busca de poder a todo custo), mas do ponto de vista do cidadão”, declarou.
“O sonho da sociedade do Recife hoje é transformação, quer avançar”, acredita Eduardo.
O governador repetiu, por mais de uma vez, que terá muita paciência, até o último dia, para encontrar a melhor solução, mas que ele não toma uma posição política sozinho, uma vez que tem que ouvir todos os partidos da frente. Na saída do encontro junino-político, o presidente do PR, Inocêncio Oliveira, por exemplo, afirmou que os 17 partidos não fecham com o PT e sim com o PSB de Eduardo.

Segundo o governador, a definição pode vir já nesta semana, antes do São João, como pode vir depois de sua viagem a ONU, na última semana do mês.
Na verdade, a demora ocorre diante da necessidade de arrumar saídas políticas para todos os envolvidos. Como não se faz política sem vítimas, é preciso abrir oportunidades para que os vencidos não fiquem tão mal na fita. “Lula não cobra nada disto a Eduardo. É a petezada que faz isto”, observa um aliado mais atrevido do governador, durante a festa.