sexta-feira, 28 de abril de 2017

14 mudanças da reforma trabalhista na CLT que pouca gente sabe

MSN

Com seu texto base aprovado na quarta-feira, 26, na Câmara dos Deputados, a Reforma Trabalhista poderá modificar de maneira substancial a a CLT.  Vale destacar que a proposta da reforma ainda precisa ser aprovada no Senado.
Confira alguns pontos importantes que vão mudar e terão impacto direto ou no salário de profissionais contratados no regime CLT ou nas relações de trabalho para eles:

1. Ajuda de custo não vai integrar salário

Valores relativos a prêmios, importâncias pagas habitualmente sob o título de “ajuda de custo”, diária para viagem e abonos, assim como os valores relativos à assistência médica ou odontológica, não integrarão o salário. Na prática, isso significa que boa parte do salário do empregado poderá ser paga por meio dessas modalidades, sem incidir nas verbas do INSS e FGTS.

2. Vai ficar mais difícil pedir equiparação salarial

O requisito, para equiparação salarial, da prestação do serviço precisar ser na “mesma localidade”, será alterado para o “mesmo estabelecimento empresarial”. Devendo ser prestado “para o mesmo empregador”, por tempo não superior a quatro anos.
Tal alteração diminui as chances de se pedir equiparação nos casos de empregados que exercem a mesma função, mas recebem salários diferentes, pois trabalham em empresas diferentes do grupo econômico.
Além disso, se exclui a possibilidade de reconhecimento do “paradigma remoto”, quando o pedido de equiparação se dá com um colega que teve reconhecida, por via judicial, a equiparação com outro colega.

3. Gratificação para quem tem cargo de confiança não vai integrar salário depois de 10 anos

Atualmente a gratificação paga para quem está em cargo de confiança, que hoje é em torno de 40% do salário básico, é incorporada ao salário do empregado, caso este fique no cargo por mais de 10 anos. A proposta remove essa exigência temporal, não incorporando mais a gratificação à remuneração quando o empregado é revertido ao cargo anterior.

4. Homologação de rescisão pelo sindicato deixa de ser obrigatória para quem tem mais de um ano de casa

Não haverá mais necessidade de homologação do Termo de Rescisão pelo sindicato ou Ministério Público para os empregados que trabalharem por mais de um ano, valendo a assinatura firmada somente entre empregado e empregador.

5. Demissão em massa não precisará mais ter a concordância do sindicato

As dispensas coletivas, também conhecidas como demissões em massa, não precisarão mais da concordância do sindicato, podendo ser feitas diretamente pela empresa, da mesma forma que se procederia na dispensa individual.

6. Quem aderir a plano de demissão voluntária não poderá reclamar direitos depois

A adesão a plano de demissão voluntária dará quitação plena e irrevogável aos direitos decorrentes da relação empregatícia. Ou seja, a menos que haja previsão expressa em sentido contrário, o empregado não poderá reclamar direitos que entenda violados durante a prestação de trabalho.

7. Perder habilitação profissional vai render demissão por justa causa

Foi criada nova hipótese para rescisão por justa causa (quando o empregado não recebe parte das verbas rescisórias, pois deu motivo para ser dispensado). Pela nova previsão, nos casos em que o empregado perder a habilitação profissional que é requisito imprescindível para exercer sua atividade, tais como médicos, advogados ou motoristas, isso será motivo suficiente para a dispensa por justa causa.

8. Acordo poderá permitir que trabalhador receba metade do aviso prévio indenizado

Foi criada a possibilidade de se realizar acordo, na demissão do empregado, para recebimento de metade do aviso prévio indenizado. O trabalhador poderá movimentar 80% do valor depositado na conta do FGTS, mas não poderá receber o benefício do Seguro Desemprego.

9. Arbitragem poderá ser usada para solucionar conflitos trabalhistas

Também foi criada a possibilidade de utilização da arbitragem como meio de solução de conflito, quando a remuneração do empregado for igual a duas vezes o limite máximo estabelecido para os benefícios da Previdência Social (atualmente de R$ 5.531,31).

10. Contribuição sindical será facultativa

A contribuição sindical deixa de ser obrigatória e passa a ser facultativa tanto para empregados quanto para empregadores.

11. Duração da jornada e dos intervalos poderá ser negociada

As regras sobre duração do trabalho e intervalos passam a não serem consideradas como normas de saúde, higiene e segurança do trabalho para os fins da negociação individual. Isso significa que poderão ser negociadas, ao contrário do que ocorre atualmente.

12. Negociações deixam de valer após atingirem prazo de validade

Atualmente, uma vez atingido o prazo de validade da norma coletiva (convenção ou acordo), caso não haja nova norma, a negociação antiga continua valendo. Pela proposta reformista isso deixa de acontecer. As previsões deixam de ser válidas quando ultrapassam a validade da norma, não podendo mais ser aplicadas até que nova negociação ocorra.

13. Acordo Coletivo vai prevalecer sobre Convenção Coletiva

Fica garantida a prevalência do Acordo Coletivo (negociação entre empresa e sindicato) sobre as Convenções Coletivas. Atualmente, isso só acontece nas normas que forem mais benéficas ao empregado.

14. Quem perder ação vai pagar honorários entre 5% e 15% do valor do processo

Fica estabelecido que serão devidos honorários pagos aos advogados pela parte que perde à parte que ganha, entre 5% e 15% sobre o valor que for apurado no processo.
Isso passa a valer até mesmo para beneficiário da Justiça Gratuita, que ficará com a obrigação “em suspenso” por até dois anos após a condenação.

Renan diz que reforma trabalhista não passa no Senado

MSN

BRASÍLIA - Em novas críticas à reforma trabalhista, o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), declarou que não é "da melhor tradição o presidente da República não falar aos trabalhadores no dia do 1º de maio". Renan considera que o texto não passará no Senado da forma como foi aprovado ontem na Câmara dos Deputados. 
"Não acredito que essa reforma saia da Câmara e chegue aqui, ao Senado Federal - reforma de ouvidos moucos -, sem consultar opiniões; reforma que só interessa à banca, ao sistema financeiro, rejeitada em peso e de cabo a rabo pela população; reforma tão malfeita, que chega a constranger e a coagir a base do próprio Governo. Por isso ela vai e volta, de recuo em recuo", declarou.
Renan avalia que a reforma é "injusta", porque retira direitos dos trabalhadores. "Ela rebaixa os salários, é sua consequência mais imediata e perversa. Ela pretende deixar o trabalhador sem defesa, condenado a aceitar acordos que reduzem a remuneração, suprimem reajustes e revogam garantias no emprego. Todos sabemos que a acordos forçados em plena recessão, com 13 milhões de desempregados e com o desemprego aumentando mês a mês, é pedir que se aceite a crueldade como caridade", criticou.
O peemedebista rebateu o argumento do governo de que a flexibilização das leis trabalhistas poderia aumentar a empregabilidade no País. "Esse discurso é usado para seduzir uma parcela da sociedade e garantir o avanço da retirada de direitos. Querem um Brasil para 70 ou 80 milhões de pessoas. Somos 200 milhões e não podemos simplesmente fazer de conta que não existem 120 ou 130 milhões de pessoas. Com essa reforma, elas podem voltar a ficar excluídas; são empurradas de volta para guetos onde padece a legião de 'ninguéns'", continuou.
Para Renan, a proposta vai aprofundar a desigualdade social. O líder do PMDB sugeriu que, ao invés de votarem a reforma trabalhista, os parlamentares deveriam apreciar projeto que põe fim aos salários acima do teto na administração pública, os chamados supersalários. A proposta foi aprovada no Senado no final do ano passado. "Reforma justa seria uma reforma que retirasse privilégios. E os há, senhoras e senhores, demais neste País, são privilégios inconcebíveis. Os supersalários pagos com dinheiro público são o exemplo mais ostensivo e ofensivo à cidadania no Brasil."

Maio Amarelo contará com extensa programação em Garanhuns

Com o objetivo de chamar a atenção da população de Garanhuns para o alto índice de mortes e feridos no trânsito, a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) aderiu, mais uma vez, ao movimento internacional Maio Amarelo. Durante todo mês de maio, uma extensa programação, incluindo palestras, blitze educativas e orientações nas principais faixas de pedestre da cidade, será vivenciada.

Neste ano, o tema central da campanha é “Minha Escolha Faz a Diferença”. A marca com o laço na cor amarela faz referência à atenção exigida no trânsito. De acordo com a organização nacional do movimento, temas foram escolhidos, estrategicamente, para serem colocados em pauta, ampliando a reflexão para diversos públicos e momentos, entre eles motoristas, pedestres, ciclistas, motociclistas e sociedade em geral.

Programação – A partir da terça-feira (02), iniciam as palestras nas escolas municipais. Ao todo, serão 37 instituições beneficiadas. As blitze vão ocorrer semanalmente; assim como as abordagens a pé nas principais avenidas e ruas da cidade, com grande fluxo de veículos e pedestres, para entrega de material informativo.

Maio Amarelo Mundial – A escolha do mês de maio foi motivada por uma proposta da Organização das Nações Unidas (ONU), quando decretou a década de ação para segurança no trânsito, em 2011. A partir de então, o mês é proposto pelos órgãos de trânsito de todo o mundo.


Imagem: Divulgação

Moradores da comunidade Manoel Chéu receberam mutirão de saúde


A Unidade Básica de Saúde (UBS) da comunidade Manoel Chéu, no bairro Magano, promoveu, durante toda a manhã da última quarta (26), testes rápidos de HIV e Sífilis, aferição de pressão arterial, coleta de citologia, orientações odontológicas, distribuição de pastas e escovas de dente, palestras para mulheres grávidas e entrega de repelente, atendimento médico e de enfermagem, vacinação contra o vírus H1N1 e aula de zumba.


Numa estratégia de melhorar a qualidade de vida da população e intensificar a prevenção de doenças, a ação contou com a parceria do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e da creche da comunidade. “Espero que tenha mais vezes, achei muito bom. A população aqui no nosso bairro precisa muito desse acolhimento”, comentou a dona de casa Eliane da Silva, 26 anos, que foi atendida na ação.



A enfermeira-chefe da unidade, Suelane Santos, ressaltou a relevância da série de serviços oferecidas num só momento. “Movimentamos a unidade e mostramos que essa parceria é muito importante para a comunidade, beneficiando todas as idades. Tivemos, por exemplo, crianças aprendendo mais sobre saúde bucal, grupo de idosos do Cras praticando zumba. Foi um grande momento de integração também”, comentou.

Fotos: Gabriela Ramos - Secom PMG

quinta-feira, 27 de abril de 2017

2º Corrida do Trabalhador será realizada em Garanhuns no feriado

por DANIELA BATISTA


Com o intuito de homenagear os trabalhadores locais, o Sesc Garanhuns, com o apoio da Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer, vai promover a 2ª Corrida do Trabalhador. O evento acontece na próxima segunda-feira (1), feriado em que se comemora o Dia do Trabalho. A concentração está prevista para as 7h, dando largada às 7h30.
“Serão cinco categorias: 18 a 29 anos; 30 a 39 anos; 40 a 49 anos; 50 a 59 anos e 60+. Todos os participantes inscritos receberão lanche e uma medalha simbólica no momento da premiação”, registra Ivânia Barros, gerente do Sesc Garanhuns. O evento também conta com o apoio da Unimed; AMSTT; 71ºBI Mtz; Polícia Militar; Corpo de Bombeiros; Unopar e Sindicato dos Comerciários.
As inscrições estão abertas até as 22h da próxima quinta-feira (27). Para realizar o processo de inscrição é necessário se dirigir até a Academia de Musculação do Sesc, localizada nas imediações do Ginásio de Esportes e levar 2kg de alimentos não perecíveis.
Fotos: Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer

Garanhuns sedia etapa do circuito pernambucano de natação



por GABRIELA RAMOS


Neste sábado (29), o SESC/Garanhuns vai ser sede em seu Parque Aquático a 2ª etapa do 20º Circuito Pernambucano Masters de Natação, competição promovida pela Associação de Nadadores Máster de Pernambuco (ANMPE). Esta será a segunda oportunidade em que uma etapa do Circuito é realizada no interior do Estado, sendo Garanhuns a única cidade a ser sede  deste evento no interior.
A etapa contará com a participação de 118 atletas com idades acima de 20 anos. Eles irão competir em quatro estilos de modalidade: nado livre, costas, peito e borboleta. A Equipe de Natação do SESC/Garanhuns, atual bicampeã do Circuito (2015 e 2016) participará da competição com 24 atletas, com idades entre 21 e 62 anos de ambos os sexos.
“Os atletas da equipe do Sesc/Garanhuns representam a entidade em nível estadual, juntamente às unidades de Piedade e Goiana, formando uma só equipe. Atualmente estamos em 2º lugar no ranking geral da competição e, em casa, vamos lutar pela liderança”, registra Mano Pereira, técnico da equipe de Natação do SESC/Garanhuns. A competição terá início às 13h e a entrada é gratuita.

Foto: Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer

Educação inclusiva para surdos é tema de palestra para servidores da Assistência Social


Com o intuito de capacitar e conscientizar os profissionais que atuam nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras’s), a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) promoveu, na manhã de ontem (26), uma palestra sobre o processo de inclusão e formação das pessoas surdas. Outros servidores que atuam na sede da Secretaria também participaram. 




De acordo com a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Maria Célia Sobral, a ideia também é facilitar o dia a dia de trabalho dos servidores que têm contato profissional, por meio de atividades e dos atendimentos especiais para pessoas com deficiência. “Essa palestra vem para somar e melhorar nossa forma de atuar, pela Assistência Social, além de dar dignidade e respeito. É uma preocupação nossa promover, de fato, essa inclusão”, enfatiza.



A palestra foi conduzida pelo professor de Libras e intérprete, Wender Paulo, que comenta a importância social dessa ação para a integração coletiva. “É algo incrível, pois muitas vezes o surdo tem dificuldades de se comunicar, de repassar seus sentimentos. Então esses momentos têm retornos para que eles se desenvolvam no mercado de trabalho e nas universidades, por exemplo”, destacou.

Fotos: Eduarda Vasconcelos – Secom/PMG

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Professores das escolas do campo participaram do segundo momento da disseminação dos resultados do SAEPE


Foi realizada ontem(25), no Salão Paroquial da Catedral de Santo Antônio, uma reunião com os professores das escolas do campo, para apresentação dos resultados do Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco (Saepe) que avalia, em nível de estado, os 2º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental.




 O objetivo do encontro foi apresentar a proposta da formação continuada durante o ano letivo de 2017, discutir avaliação externa e suas funções, apresentar os resultados do Saepe referentes ao ano de 2016, construir esboço das intervenções diante dos resultados apresentados e planejar como será a apropriação dos resultados do Sistema nas escolas da rede.  


O gerente de ensino da Secretaria Municipal de Educação, Carlos Alberto, destaca a importância deste segundo momento. “A partir deste resultado, podemos refletir um pouco de como anda a rede municipal de ensino de Garanhuns nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. As escolas irão colocar em prática seus planos de ação que aumentem seus resultados. Temos que pensar em metas e estratégias que foquem nesses resultados e que possamos melhorar e continuar com qualidade”, finaliza.

RESULTADOS EM DESTAQUE 1° E 2° LUGAR NO SAEPE
2º ano
Língua Portuguesa
1° Artur Maia – 586,9
2° Maria Aurineide – 565,0
Matemática

1° Maria Aurineide – 609,1
2° Antônio Fumino – 596,1
5° ano
Língua Portuguesa
1° Manoel Correia – 219,1
2° Luiz Tenório – 213,5
Matemática
1° Luiz Tenório - 214,8
2° Manoel Correia – 207,8
9° ano
Língua Portuguesa
1° Mário Matos – 262,6
2° Letácio Brito – 255,2
Matemática
1° Mário Matos – 257,2
2° Letácio Brito – 253,9

Fotos: Cedidas pela SEDUC

terça-feira, 25 de abril de 2017

‘Querem massacrar esse coitadinho de Garanhuns’, diz Lula

FOTO: AGÊNCIA BRASILMSNBRASÍLIA - Alvo da Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira, 24, que está sendo “massacrado” dia e noite, desafiou os investigadores a provar algum desvio de conduta cometido por ele e afirmou estar ansioso para “falar a verdade”.
“Eu não sou de reclamar, mas ninguém aguenta. São quase 18 horas de Jornal Nacional tentando massacrar esse pobre coitadinho que veio de Garanhuns”, afirmou Lula, no seminário “Estratégias para a Economia Brasileira”, promovido pela bancada do PT na Câmara e no Senado. “Está na hora de parar o falatório e mostrar prova. Quero que saibam que estou com muita vontade de brigar e de fazer a boa briga”, afirmou o petista.
Lula disse que ninguém mais do que ele deseja prestar depoimento. Réu em cinco ações penais, sendo três relacionadas à Operação da Lava Jato, o ex-presidente ironizou as denúncias contra ele. “A prova que tem contra mim é um pedágio”, afirmou. Foi uma referência a documentos mostrando que dois carros do Instituto Lula passaram pelo pedágio, entre 2011 a 2013, em direção ao Guarujá.
“Quero comparecer (ao depoimento) porque é a primeira grande oportunidade que eu não vou ser atacado pelas revistas e televisões. Eu vou ter, de viva voz, o direito de me defender”, afirmou o ex-presidente.
Delações. Quatro dias após Pinheiro ter contado a Moro que Lula pediu a ele, em maio de 2014, para destruir provas sobre pagamento de propinas ao PT, o petista afirmou que os delatores sofrem “pressão” para incriminá-lo. “(Vejam) o que fizeram em cima do Leo... O cara já está condenado a 26 anos. Temos de ter claro como as coisas acontecem. Desse jeito, o cara fala até da mãe.”
Recebido no seminário do PT aos gritos de “Lula, guerreiro, do povo brasileiro”, o ex-presidente voltou a recorrer à ironia ao classificar a imprensa como “democrática”. “Eu os amo de coração”, disse ele.
Com discurso de candidato, Lula defendeu a regulamentação da mídia. “Temos que dizer, durante a campanha, algumas verdades que são duras”, insistiu. “Ser candidato para depois dizer que você tem que jantar com os Marinho, almoçar no Estadão? E a (revistaVeja, você vai conversar? Não vou”, disse, arrancando mais aplausos da plateia. “Eles vão ter que aprender que estão lidando com um cidadão diferente, que tem mais honra, mais caráter e é mais honesto do que eles.”
Em 40 minutos de discurso, Lula afirmou que é tratado “pior do que os outros” pela mídia. “Não vou virar as costas para vocês para não verem a quantidade de chibatadas que levei”, afirmou o ex-presidente.
Candidata à presidência do PT, a líder do partido no Senado, Gleisi Hoffmann (PR), defendeu Lula. “Aqui não tem bandido. Tem pessoas que podem ter errado, mas ninguém é bandido. Não vamos baixar a cabeça”.

Prefeito Izaías Régis ministra palestra para prefeitos alagoanos


Por Jacqueline Menezes


O prefeito Izaías Régis, ministrou hoje (24) uma palestra para cerca de 100 prefeitos e prefeitas alagoanos. O gestor foi convidado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL) para ser um dos palestrantes do Encontro com Prefeitos 2017 - 2020: Governando o município, desafios e oportunidades. O evento foi realizado no Hotel Jatiúca, e teve o apoio da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), do Sesc, do Senac e do Instituto Fecomércio.
A palestra do prefeito Izaías Régis teve duração de 50 minutos e foi iniciada com a veiculação de um vídeo que apresentou o município, algumas ações da gestão, os eventos criados e o impacto na economia, bem como a política de atração de investimentos. Logo em seguida, o prefeito Izaías Régis deu prosseguimento a palestra em tom informal, explanando sobre o seu jeito de administrar e os resultados conquistados. “Nós prefeitos temos que aprender que a prefeitura é igual a uma empresa, ela precisa dar lucro. E o lucro que falamos aqui é o bem estar da população, as ações, as obras que chegam até cada um dos moradores do nosso município. E para que elas possam acontecer, precisamos ter contas equilibradas, e para isso o prefeito precisa ser ainda mais gestor, que político”, afirmou o prefeito.  

O presidente da Fecomércio AL, Wilton Malta, explicou que entre as bandeiras da Federação está a Gestão Pública Eficaz, por isso, a iniciativa de promover esse evento, e o motivo do convite ao prefeito Izaías Régis, para participar do painel Experiência Gestão Municipal. "Nós queremos despertar nos prefeitos do nosso estado a importância de atuar com os empresários para, juntos, serem protagonistas do desenvolvimento municipal. Queremos que eles comecem a pensar em infraestrutura adequada e políticas públicas de estímulo fiscal e tributário. E sabendo do êxito que o prefeito Izaías Régis vem alcançando em sua gestão, não foi difícil lembrar do nome dele para trazer essa experiência", afirmou. 


Demais palestrantes
A programação do evento que foi iniciada às 9h com as boas vindas dos presidentes Wilton Malta, da Fecomércio, e Hugo Wanderley, da AMA, ainda contou com as palestras Construindo uma Agenda Positiva para governar o município, ministrada pelo deputado federal e presidente Fecomércio SE, Laércio Oliveira; Sistema Fecomércio - atuação estratégica do Sesc, Senac e Instituto Fecomércio, com o historiador e cientista político, Rodrigo Gomes Leite; e Equilíbrio das finanças municipais: como qualificar o gasto e aumentar a receita, com o economista e jornalista editor de economia da revista Isto É Dinheiro, Luís Artur Nogueira. O encontro foi encerrado com um almoço entre os participantes, às 12h40.

Público recorde, movimentação econômica e atrações de peso conferem sucesso ao IV Viva Dominguinhos


O Viva Dominguinhos fez o que parece quase impossível nas noites de abril de Garanhuns, no Agreste. O forró que ecoou entre um público que lotou a Praça Mestre Dominguinhos conseguiu esquentar as três noites de festa, mesmo quando os termômetros chegaram a marcar 17°C. O ritmo autêntico que permeou toda a carreira artística do homenageado deu conta de abrir os festejos juninos em Pernambuco. E tinha gente dançando junto ou sozinho, curtindo cada canção histórica ou inédita. Foram contabilizadas, segundo a Polícia Militar, mais de 155 mil pessoas no principal polo, na Praça Cultural Mestre Dominguinhos.
Desde a quinta-feira (20), foram mais de 25 shows gratuitos, de dia e de noite, com estrelas locais e nacionais do forró tradicional. Entre as atrações desta edição, a banda Fulô de Mandacaru, Falamansa, Cantoria Agreste, Alcymar Monteiro, Cezzinha, Os Notatos, Nádia Maia e Targino Gondim, Flávio José e muito mais. Os garanhuenses Kiara Ribeiro, Mourinha do Forró e Andréia Amorim, entre outros nomes a exemplo de Valdir Marino, Rogério  Diniz e Nando Azevedo deram a contribuição de talento da terra na programação. Durante os shows, todos os artistas – selecionados através de convocatórias – homenagearam em trechos de seus repertórios a obra deixada por Dominguinhos, um ilustre garanhuense defensor e ícone da música nordestina. Assim, diariamente, milhares de pessoas se reuniam em torno dos palcos, montados na Praça Cultural Mestre Dominguinhos e no Espaço Colunata, para dançar, cantar e se divertir ao som de muito pé-de-serra, xote, baião e xaxado.


O cantor Flávio José colocou todos para dançar ao som de consagradas composições, como “Caboclo Sonhador”, “Tareco e Mariola” e “Caia por Cima de Mim”. O artista ressaltou  a importância de promover uma festa que valoriza a cultura local. “Eu vejo como uma importância muito grande a realização desta festa. Além de se estar homenageando Dominguinhos e mantendo viva a história dele, a cultura está se movimentando. O povo gosta de valorizar o que é da terra. Só tenho a agradecer por ter sido chamado mais uma vez para tocar nesse grande evento”, finalizou.



O forró tomou conta do clima da cidade também pelos shows realizados no espaço colunata que começavam o arrasta-pé desde cedo durante dois dias. A aposentada Luiza Torres, 62 anos, veio pela primeira vez ao Viva Dominguinhos, diretamente de Campina Grande (PB) e trouxe toda a família. “Estou muito encantada com a cidade e com o evento, pretendo vir todo ano agora, e trazer mais gente para conhecer essa maravilha. São 11h da manhã e já tem forró”, comentou a aposentada.
A tradicional Caminhada do Forró desfilou cultura na manhã do sábado (22), saindo do Praça Souto Filho – área da Fonte Luminosa, e seguindo para o Palco Colunata, na Avenida Santo Antônio. Bacamarteiros, integrantes de reisados e forrozeiros se juntaram ao grande público que já estava assistindo aos shows. A folia ficou por conta da Associação dos Bacamarteiros de São João, banda de pífanos Esquenta Mulher, de Lajedo (PE); Reisados Unidos com Alegria; Xaxado do Caluête e Messias e Morena Forrozeira.



O Viva Dominguinhos é realizado pela Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura e conta com o apoio da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMSTT). Outras pastas que fazem parte do evento são a Secretaria de Saúde, através da Vigilância Sanitária e SAMU, Secretarias de Assistência e Desenvolvimento Social, Infraestrutura, Comunicação Social.


ECONOMIA - Além dos dois polos, a estrutura montada para o evento contou ainda com espaço para o artesanato e para a cultura local. No Parque Euclides Dourado a Associação Feira e Artes e a Feira no Parque  comercializaram, juntas, artesanato, plantas e gastronomia aos visitantes. Entre os itens vendidos estavam trabalhos manuais, camisetas em grafite, objetos de decoração e bonsais.
Na Praça Mestre Dominguinhos, a gastronomia ofertada no Viva Dominguinhos esteve tão deliciosa quanto cada atração que subiu aos palcos. Os cardápios sempre têm um tempero nordestino, mas também disponibilizaram outros pratos a exemplo de espetinhos doces e salgados, coquetel de frutas e caldinhos. Estreante no Viva, a empresária Amanda Aciole apostou na macaxeira em diversos pratos, até mesmo na lasanha. “Esta é nossa primeira vez, mas temos ótimos resultados. Oferecemos ainda bolo de noiva com a receita original e bolo no cone. É importante ter diversidade, além de oferecer um sabor único”, disse.

 O faturamento de diversos setores de Garanhuns, no período que compreende a realização do IV Viva Dominguinhos, apresentou números positivos quando compara-se o período festivo às datas corriqueiras. A rede hoteleira do município é formada por mais de 20 hotéis e pousadas que proporcionam uma gama de escolhas aos turistas de toda região, com mais de dois mil leitos disponíveis. Já os empresários do setor gastronômico que oferta uma diversidade de opções aos consumidores – entre lanchonetes, bares, e restaurantes de comidas típicas regionais, receberam um grande fluxo que aqueceu a economia local. “Nosso movimento já é bom em dias normais, mas em períodos de eventos cresce consideravelmente, este ano acho que chegamos à casa dos 70%. Além de turistas também recebemos famosos, o próprio Cezzinha veio comer aqui durante o festival”, afirmou a gerente Elielma Barbosa.
De acordo com a Secretaria de Turismo e Cultura, os hotéis chegaram a registrar, em média, 95% de ocupação, bem como a rede de bares e restaurantes também obteve aumento  de 40% no volume de vendas em decorrência do evento. “O Viva Dominguinhos já nasceu grande e temos orgulho em fazer esse evento cada vez melhor. Além da movimentação econômica evidente, que beneficia a cidade como um todo, promovemos a valorização cultural e reforçamos do legado de Dominguinhos em Garanhuns”, afirma a secretária de Turismo e Cultura, Neile Barros.

Para o prefeito do município, Izaías Régis, Tanto sucesso demonstra apenas que a cultura nordestina precisa ser evidenciada. Mostramos aqui em Garanhuns que é possível fazer um grande evento com forró de qualidade. A cultura vende sim, o povo gosta e é por isso que o Viva Dominguinhos cresce a cada ano”, declarou.
TROFÉU - Ainda dentro da programação do IV Viva Dominguinhos, o prefeito Izaías Régis fez a entrega do Troféu Viva Dominguinhos a amigos de Dominguinhos e pessoas que representam ou ajudam a divulgar o forró nordestino. A premiação que foi criada pelo historiador Antônio Vilela em 2015,  é realizada pelo Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria de Comunicação Social. Neste ano, cinco pessoas foram escolhidas para serem homenageadas. O radialista Iran Pessoa, apresentador do programa Toadas e Sertanejas há 39 anos; o fundador do grupo Quinteto Violado, Marcelo Melo, responsável pela divulgação da música nordestina em todo o país, quando lançou o primeiro álbum do grupo, há 45 anos atrás; o guitarrista, violonista e compositor de Garanhuns, João Netto; o historiador Hélio Diógenes, criador do fã clube “Eterno Cantador”, que homenageia o Rei do Baião, Luiz Gonzaga; e o cantor Flávio José, um dos principais representantes do autêntico forró nordestino e amigo do Mestre Dominguinhos.
OUTRAS INTERVENÇÕES - Ainda no contexto no Viva Dominguinhos, a Secretaria de Turismo e Cultura, junto à Secretaria de Educação, levou até o ambiente escolar o projeto Desmistificando a Sanfona. Durante cinco dias, 250 crianças, em média, tiveram acesso aos princípios da sanfona, o histórico do instrumento e quais os principais tipos de músicas que a utilizam como base.
A arte de Dominguinhos também foi a base para uma obra de arte com técnicas de grafite e pincel e 100 metros de comprimento. O artista plástico garanhuense Rubens Costa pintou no muro do Hotel Tavares Correia, um dos mais tradicionais da região, ícones que fazem referência a carreira do músico. Zabumba, triângulo, sanfona, balões juninos e imagens de Luiz Gonzaga e do próprio Dominguinhos foram retratadas.

Fotos: Secom PMG*/Créditos na foto

Secretaria de Saúde realiza entrega de repelentes nas unidades


O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, dá continuidade ao trabalho realizado junto às gestantes e famílias que apresentam casos de microcefalia. Para isso, está sendo feita a entrega de diversos repelentes para as gestantes que são acompanhadas pelas equipes que integram as Unidades de Saúde da Família (USF’s) de  Garanhuns; com o intuito de reforçar a proteção contra o mosquito Aedes aegypti, em especial as mulheres grávidas pela associação do zika vírus com a doença. A iniciativa faz parte do Programa de Prevenção e Proteção Individual de Gestantes em Situação de Vulnerabilidade Socioeconômica contra o Aedes aegypti.

Ao todo, 1270 unidades de repelentes foram disponibilizadas pelo Ministério da Saúde, e estão sendo entregues nas unidades de Saúde da Família para todas as gestantes que são beneficiadas pelo Programa Bolsa Família (PBF); para isso é necessário que a mesma esteja com o cartão do pré-natal atualizado e portando o cartão do Bolsa Família. As gestantes de 0 a 42 semanas, pode receber duas unidades por mês, que devem ser utilizadas três vezes ao dia, a cada oito horas, nos membros superiores e inferiores.

O objetivo da ação é evitar a incidência destes casos no município, assegurando uma maior tranquilidade durante os meses de gestação. “Tendo o conhecimento que muitas das gestantes cadastradas no bolsa família têm um baixo poder aquisitivo para comprar o repelente, as mesmas podem procurar a unidade pela qual são acompanhadas e através desta iniciativa evitar que tenhamos novos casos no município. Contudo é importante estar atento ao combate diário, que deve ser realizado em casa  pela população”, explicou o titular da pasta, Alfredo de Gois.

Além da prevenção por meio dos repelentes é importante também que a população atente para as medidas realiza ações de combate ao vetor, responsável pela transmissão da dengue, febre chikungunya, por meio da atuação dos agentes de endemias do Programa Municipal de Controle da Dengue (PMCD-GUS). “Mesmo que os casos de microcefalia tenham diminuído a situação não deixa de ser emergencial, sendo assim, acompanhamos as ações de caráter preventivo que já vem ocorrendo e também estaremos ofertando gratuitamente esses repelentes”, complementou a supervisora de Programas e Projetos Sociais da Secretaria de Saúde, Laila Brasil.

Fotos cedidas pela Secretaria de Saúde

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Aos 70 anos, morre o cantor Jerry Adriani

MSN

Jerry Adriani morreu neste domingo (23), no Rio de Janeiro, aos 70 anos. O cantor estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, desde o dia 7 de abril para se tratar de um câncer.
Segundo o "G1", o músico também havia sofrido recentemente uma trombose em uma das pernas.
De acordo com a família, o artista faleceu às 15:30. Ainda não se sabe a hora e o local do enterro.
Ícone do movimento "Jovem Guarda”, Jair Alves de Souza nasceu no dia 29 de janeiro de 1947, no bairro do Brás, em São Paulo. O cantor adotou o nome Jerry Adriani no início de sua carreira, em 1964.
Seu primeiro disco foi "Italianíssimo", quando o artista cantava músicas em italiano. Em 1965, o famoso passou a gravar as canções em português, reunidas no disco "Um Grande Amor".
Jerry deixou três filhos: Joseph, Thiago e Tadeu de Sousa. 

II Campeonato Interno de Karatê do Cras Magano reuniu 30 competidores


Com o objetivo de incentivar a prática esportiva e promover integração, o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Magano realizou, neste domingo (23), o II Campeonato Interno de Karatê. A competição aconteceu na Escola Municipal Mário Matos e contou com a participação de 30 assistidos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), entre crianças e adolescentes.



Os atletas competiram em seis categorias, divididas por idade – entre cinco e 16 anos. Todos os participantes receberam medalhas. “A proposta é desenvolver o interesse pelo esporte e fazer com que eles possam seguir uma carreira no futuro. A ideia também é de passar que é uma competição saudável, em que todos ganham”, enfatiza a coordenadora do Cras Magano, Ana Arrais.



O karatê é uma das atividades oferecidas pelo Centro de Referência de Assistência Social do Magano. De acordo com o professor Eguinaldo Silvestre, a luta marcial traz benefícios para o corpo, a mente e o espírito. “Como a maioria do esporte precisamos evidenciar que ele também ajuda na disciplina, perseverança e compreensão, além dos benefícios gerais para a saúde física. Esperamos formar grandes atletas e leva-los para competir em eventos grandiosos em breve”, adianta.

Fotos: Cloves Teodorico – Secom/PMG

domingo, 23 de abril de 2017

Troféu Viva Dominguinhos homenageia amigos e admiradores do cantor e compositor

Para encerrar com chave de ouro a última noite do evento, o prefeito Izaías Régis fez a entrega do Troféu Viva Dominguinhos a amigos de Dominguinhos e pessoas que representam ou ajudam a divulgar o forró nordestino. A premiação que foi criada pelo historiador Antônio Vilela em 2015,  é realizada pelo Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria de Comunicação Social.



Neste ano, cinco pessoas foram escolhidas para serem homenageadas. O radialista Iran Pessoa foi um dos que receberam o prêmio. Iran apresenta o programa Toadas e Sertanejas há 39 anos e contou estar feliz por receber o troféu. “Estou sendo homenageado pela primeira vez e me sinto altamente prestigiado. Essa alegria eu deixo aqui, na minha terra, Garanhuns”, contou emocionado.


O fundador do grupo Quinteto Violado, Marcelo Melo, também foi uma das pessoas indicadas para receber a lembrança. O cantor, compositor e um dos principais violonistas da geração foi responsável pela divulgação da música nordestina em todo o país, quando lançou o primeiro álbum do grupo, há 45 anos atrás. O prefeito Izaías Régis entregou o prêmio nas mãos do artista e fez questão de dizer o quão importante é sua obra para a cultura nordestina. “Marcelo é a história da música brasileira”, completou.



O guitarrista, violonista e compositor de Garanhuns, João Netto, foi mais um dos homenageados com o troféu Viva Dominguinhos. Ele também se apresentou na noite de sábado (22), junto a Marcelo Melo, Sérgio Andrade e Genaro, no projeto Cantoria Agreste. O artista já trabalhou com grandes nomes da música brasileira, dentre eles Alceu Valença, Belchior, Gilliard e o cantor que nomeia o troféu, Dominguinhos.

O historiador Hélio Diógenes, criador do fã clube “Eterno Cantador”, que homenageia o Rei do Baião, Luiz Gonzaga foi outro que recebeu a homenagem. O agrônomo é residente de Pau dos Ferros (RN), e veio ao Viva Dominguinhos pela terceira vez, junto a mais de 60 pessoas. “Sou filho de agricultor e me formei em Agronomia, a gente tem uma ligação direta com o Rei do Baião e com a nossa terra. Estou muito feliz em ser agraciado com esse troféu. Para mim, foi uma grata surpresa, não tenho nem palavras para descrever o sentimento. Quero compartilhar essa homenagem com o fã clube Eterno Cantador. A gente está aqui porque gosta de Dominguinhos, de Luiz e da nossa música e cultura regional. Em meio a tanta coisa ruim que está acontecendo no Brasil, a nossa cultura é uma coisa que vale a pena colaborar e lutar para que seja preservada”, finalizou.


O último a receber o troféu foi o cantor Flávio José. Flávio é um dos principais representantes do autêntico forró nordestino e foi amigo do Mestre Dominguinhos. O artista começou a cantar aos oito anos de idade e hoje leva a cultura regional para o Brasil e mundo.

No ano de 2016, os homenageados foram Aldo Machado de Araújo, propagador da música nordestina no Brasil; o instrumentista Genaro; Eurides Menezes, pai do cantor Waldonys; Jarbas Brandão; o sanfoneiro e sobrinho de Luiz Gonzaga, Joquinha; Flávio José e os cantores Elba Ramalho e Jorge de Altinho. Em 2015, os escolhidos foram o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis; o radialista Geraldo Freire, o jornalista Ney Vital; Wilson Seraine, professor universitário e radialista; o cantor e radialista Zezinho de Garanhuns; o colecionador Paulo Wanderley; o ex-prefeito Ivo Amaral; o proprietário da casa de eventos Arriégua, Luiz Ceará; o cantor e compositor Waldonys; o filho de Dominguinhos, Mauro Moraes; José Nobre, proprietário do Museu Luiz Gonzaga de Campina Grande; Marcos Lopes, proprietário do Forró da Lua, e a ex secretária de Cultura de Garanhuns, Cirlene Leite.

Fotos: Camila Queiroz - Secom/PMG